Zigurate – Max Mallmann

Zigurate – Max Mallmann

Uma biblioteca em Paris, a pesquisadora Sophie Brasier faz uma descoberta impressionante: uma carta do século XVII que faz referência a uma Bíblia do século XII cuja explicação para o mito da origem do ser humano é completamente diferente da que se conhece. Antes de Adão e Eva, Deus teria usado ouro para criar Lugal e Nin, um homem e uma mulher imortais, feitos a sua imagem e semelhança. Diz o texto que o casal teria decepcionado o Criador por usar da imortalidade para agir como deuses, tentando equiparar-se a Ele. Como castigo, eles foram tornados estéreis e abandonados à própria sorte, mas continuaram imortais. Triste, Deus chorou intensamente sobre a Terra, provocando um dilúvio de lágrimas que misturaram-se ao pó e cobriram o planeta de lama, com o que Ele criou Adão. Feito com o mais vil dos materiais, o novo homem também foi concebido à imagem e semelhança do Pai, mas era mortal, para que nunca causasse a mesma decepção de Lugal e Nin. Esta teoria revolucionária é o ponto de partida do novo livro de Max Mallmann, Zigurate – Uma fábula babélica.

Zigurate – Max MallmannUma biblioteca em Paris, a pesquisadora Sophie Brasier faz uma descoberta impressionante: uma carta do século XVII que faz referência a uma Bíblia do século XII cuja explicação para o mito da origem do ser humano é completamente diferente da que se conhece. Antes de Adão e Eva, Deus teria usado ouro para criar Lugal e Nin, um homem e uma mulher imortais, feitos a sua imagem e semelhança. Diz o texto que o casal teria decepcionado o Criador por usar da imortalidade para agir como deuses, tentando equiparar-se a Ele. Como castigo, eles foram tornados estéreis e abandonados à própria sorte, mas continuaram imortais. Triste, Deus chorou intensamente sobre a Terra, provocando um dilúvio de lágrimas que misturaram-se ao pó e cobriram o planeta de lama, com o que Ele criou Adão. Feito com o mais vil dos materiais, o novo homem também foi concebido à imagem e semelhança do Pai, mas era mortal, para que nunca causasse a mesma decepção de Lugal e Nin. Esta teoria revolucionária é o ponto de partida do novo livro de Max Mallmann, Zigurate – Uma fábula babélica.

1 comentário em “Zigurate – Max MallmannAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *