Voo Rumo Às Asas: A Arte e o Vínculo Como Remédio – Valmor Bordin

Voo Rumo Às Asas: A Arte e o Vínculo Como Remédio – Valmor Bordin

Na luta contra o preconceito às doenças mentais, o médico e escritor Valmor Bordin explora as relações entre loucura e arte. Sobre a misteriosa linha entre a genialidade e a loucura é que essa obra fala, levando outra concepção sobre as doenças mentais e a sua relação com a arte e a literatura. Escrito a partir das vivências do autor com pacientes psicóticos durante o período de residência na Fundação Universitária Mário Martins, o livro revela o potencial criativo dessas mentes ao mesmo tempo que mostra o caminho inusitado para o tratamento dos casos: o estímulo à arte e o vínculo com o médico como remédio. Composto por contos, poemas, cartas e uma rica galeria de imagens, e o título que não deixa claro onde começa o médico e termina o paciente. “Importa o que é verdade ou invenção? Mais do que a intenção é aquilo que se guarda. Vale a pena é a palavra que toca. Se a loucura existe, ela é de todos. Acontecida ou imaginada é a obra de amor e paciência suportá-la” escreve Bordin na sua apresentação, demonstrando respeito e quase uma espécie de admiração pela doença mais indecifrável de que se ouviu falar. Leitura obrigatória para quem trabalha com saúde mental e uma reveladora obra de literatura para o grande público.

Voo Rumo Às Asas: A Arte e o Vínculo Como Remédio – Valmor BordinNa luta contra o preconceito às doenças mentais, o médico e escritor Valmor Bordin explora as relações entre loucura e arte. Sobre a misteriosa linha entre a genialidade e a loucura é que essa obra fala, levando outra concepção sobre as doenças mentais e a sua relação com a arte e a literatura. Escrito a partir das vivências do autor com pacientes psicóticos durante o período de residência na Fundação Universitária Mário Martins, o livro revela o potencial criativo dessas mentes ao mesmo tempo que mostra o caminho inusitado para o tratamento dos casos: o estímulo à arte e o vínculo com o médico como remédio. Composto por contos, poemas, cartas e uma rica galeria de imagens, e o título que não deixa claro onde começa o médico e termina o paciente. “Importa o que é verdade ou invenção? Mais do que a intenção é aquilo que se guarda. Vale a pena é a palavra que toca. Se a loucura existe, ela é de todos. Acontecida ou imaginada é a obra de amor e paciência suportá-la” escreve Bordin na sua apresentação, demonstrando respeito e quase uma espécie de admiração pela doença mais indecifrável de que se ouviu falar. Leitura obrigatória para quem trabalha com saúde mental e uma reveladora obra de literatura para o grande público.

1 comentário em “Voo Rumo Às Asas: A Arte e o Vínculo Como Remédio – Valmor BordinAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *