Victus: A queda de Barcelona – Albert Sánchez Pìñol

Victus: A queda de Barcelona – Albert Sánchez Pìñol

Sucesso de crítica na Espanha, com mais de 250 mil exemplares vendidos em língua espanhola, Victus – A queda de Barcelona é um romance histórico que narra a Guerra da Sucessão espanhola, um conflito que pode ser considerado como a primeira das grandes guerras mundiais e que se encerra em 11 de setembro de 1714, com o dramático cerco à cidade de Barcelona. É também uma tragicomédia, por descrever o conflito através dos olhos de Martí Zuviría, um jovem sem futuro que, ao cair nas graças do marquês de Vauban – um lendário engenheiro militar -, irá se tornar não só um exímio estrategista como também uma peça fundamental na disputa entre as nações. Martí Zuviría conduz a defesa da cidade contra os bourbonistas franceses, mas se vê dividido entre suas lealdades e as possibilidades de fortuna. Lutando ora de um lado, ora de outro, sua escolha final pode mudar os rumos da batalha. Com o rigor histórico a serviço de um relato ágil e hipnotizante, Victus nos leva através da reconstituição de cidades e vilarejos, recriando personagens reais e batalhas épicas, até o cerco final à cidade catalã, que resistiu durante treze meses a um assédio desigual, sem paralelos até então. O livro, além de ser um romance histórico apaixonante, é também um feito literário.

Sucesso de crítica na Espanha, com mais de 250 mil exemplares vendidos em língua espanhola, Victus – A queda de Barcelona é um romance histórico que narra a Guerra da Sucessão espanhola, um conflito que pode ser considerado como a primeira das grandes guerras mundiais e que se encerra em 11 de setembro de 1714, com o dramático cerco à cidade de Barcelona. É também uma tragicomédia, por descrever o conflito através dos olhos de Martí Zuviría, um jovem sem futuro que, ao cair nas graças do marquês de Vauban – um lendário engenheiro militar -, irá se tornar não só um exímio estrategista como também uma peça fundamental na disputa entre as nações. Martí Zuviría conduz a defesa da cidade contra os bourbonistas franceses, mas se vê dividido entre suas lealdades e as possibilidades de fortuna. Lutando ora de um lado, ora de outro, sua escolha final pode mudar os rumos da batalha. Com o rigor histórico a serviço de um relato ágil e hipnotizante, Victus nos leva através da reconstituição de cidades e vilarejos, recriando personagens reais e batalhas épicas, até o cerco final à cidade catalã, que resistiu durante treze meses a um assédio desigual, sem paralelos até então. O livro, além de ser um romance histórico apaixonante, é também um feito literário.

1 comentário em “Victus: A queda de Barcelona – Albert Sánchez PìñolAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *