VERGONHA!: O escritor e poeta Antonio Risério acusa a editora 34 de censurar seu romance

VERGONHA!: O escritor e poeta Antonio Risério acusa a editora 34 de censurar seu romance

O escritor e poeta Antonio Risério acusa a editora 34 de censurar romance que ele escreveu e que seria lançado em junho. Diz que um dos capítulos abordava de forma crítica o marketing de campanhas eleitorais, fazendo “referência implícita” a campanhas de Dilma. A editora cancelou a publicação.

por mônica bergamo

VETO TOTAL
O escritor e poeta Antonio Risério acusa a editora 34 de censurar romance que ele escreveu e que seria lançado em junho. Diz que um dos capítulos abordava de forma crítica o marketing de campanhas eleitorais, fazendo “referência implícita” a campanhas de Dilma. A editora cancelou a publicação.

ARMA BRANCA
Numa carta a Risério, a editora afirmou que “em face do acirramento da crise, com a turma pró-impeachment apelando para medidas ilegais e até criminosas para levar a cabo, a qualquer custo, a derrubada do atual governo (…), nós, editores e diretores da 34, não nos sentiríamos bem engrossando esse caldo. Num momento em que o bom senso e a reflexão crítica estão indo por água abaixo, o seu livro poderia ser instrumentalizado nesse sentido”.

NADA A DECLARAR
Risério, que foi assessor de Gilberto Gil no Ministério da Cultura durante o governo de Lula e hoje apoia a Rede, afirma que a decisão mostra “um sectarismo microconjuntural, uma coisa maluca de achar que um romance poderia contribuir para o impeachment. É uma megalomania de literatos”. A 34 não quis se manifestar.

2 comentários em “VERGONHA!: O escritor e poeta Antonio Risério acusa a editora 34 de censurar seu romanceAdicione o seu →

  1. A Editora Record via publicar:

    Record publicará livro censurado pela 34

    O editor Carlos Andreazza, da Record, procurou o escritor Antonio Risério, cujo último romance foi censurado pela editora 34, por denunciar o marketing eleitoral, inspirado na campanha de Dilma Rousseff.

    A Record publicará o livro de Antonio Risério.

    Ainda há editores — e editoras — no Brasil comprometidos integralmente com a liberdade de expressão.

    O Antagonista sugere, agora, um boicote aos livros da editora 34.

    in: http://www.oantagonista.com/posts/record-publicara-livro-censurado-pela-34

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *