Van Gogh – A Vida – Steven Naifeh, Gregory White Smith

Van Gogh – A Vida – Steven Naifeh, Gregory White Smith

Fruto de uma década de pesquisas, a biografia de Naifeh e White Smith é um mergulho fascinante na existência atormentada e na arte de um dos maiores pintores de todos os tempos.

Mestre da pintura do Século XIX e profeta da arte moderna, Vincent Willem Van Gogh (1853­-1890) nasceu num vilarejo fronteiriço nos confins pantanosos do sul da Holanda, filho primogênito de um modesto pastor protestante. Solitário e impetuoso desde criança, o artista fracassou em todas as tentativas de se fixar numa profissão “respeitável”. Somente encontrou alívio parcial para seus anseios excruciantes na produção de milhares de desenhos e pinturas, ao mesmo tempo em que submergia na doença e na loucura.

Steven Naifeh e Gregory White Smith apresentam nesta monumental reconstituição biográfica uma visão ao mesmo tempo erudita e apaixonada sobre o artista holandês. Os autores, responsáveis por uma biografia de Jackson Pollock (inédita no Brasil e inspiradora do filme Pollock, de 2000), esmiúçam o conturbado relacionamento com os pais, a amizade com o irmão Theo, a relação intensa com a religião, a errância entre diversas cidades, a vida sexual desregrada, o fracasso em vender suas obras, a amizade conturbada com Paul Gauguin, a loucura, a orelha mutilada – e sugere uma explicação surpreendente para o suposto suicídio.

Amparados pela mais ampla documentação já reunida sobre Van Gogh, Naifeh e Smith orientam o leitor com impecável segurança através do intrincado labirinto de referências estéticas, literárias e religiosas que definiu sua curta existência. Desse modo, diversas imprecisões, bem como mitos há muito estabelecidos na fortuna crítica vangoghiana, são esclarecidos com admirável sensibilidade humana e artística.

 Van Gogh – A Vida – Steven Naifeh, Gregory White Smith

 Van Gogh – A Vida – Steven Naifeh, Gregory White Smith   Fruto de uma década de pesquisas, a biografia de Naifeh e White Smith é um mergulho fascinante na existência atormentada e na arte de um dos maiores pintores de todos os tempos.

Mestre da pintura do Século XIX e profeta da arte moderna, Vincent Willem Van Gogh (1853­-1890) nasceu num vilarejo fronteiriço nos confins pantanosos do sul da Holanda, filho primogênito de um modesto pastor protestante. Solitário e impetuoso desde criança, o artista fracassou em todas as tentativas de se fixar numa profissão “respeitável”. Somente encontrou alívio parcial para seus anseios excruciantes na produção de milhares de desenhos e pinturas, ao mesmo tempo em que submergia na doença e na loucura.

Steven Naifeh e Gregory White Smith apresentam nesta monumental reconstituição biográfica uma visão ao mesmo tempo erudita e apaixonada sobre o artista holandês. Os autores, responsáveis por uma biografia de Jackson Pollock (inédita no Brasil e inspiradora do filme Pollock, de 2000), esmiúçam o conturbado relacionamento com os pais, a amizade com o irmão Theo, a relação intensa com a religião, a errância entre diversas cidades, a vida sexual desregrada, o fracasso em vender suas obras, a amizade conturbada com Paul Gauguin, a loucura, a orelha mutilada – e sugere uma explicação surpreendente para o suposto suicídio.

Amparados pela mais ampla documentação já reunida sobre Van Gogh, Naifeh e Smith orientam o leitor com impecável segurança através do intrincado labirinto de referências estéticas, literárias e religiosas que definiu sua curta existência. Desse modo, diversas imprecisões, bem como mitos há muito estabelecidos na fortuna crítica vangoghiana, são esclarecidos com admirável sensibilidade humana e artística.

 Van Gogh – A Vida – Steven Naifeh, Gregory White Smith