Um Solitário à Espreita – Milton Hatoum

Um Solitário à Espreita – Milton Hatoum

O amazonense Milton Hatoum é dos grandes nomes da literatura brasileira contemporânea, traduzido no exterior, reconhecido por um vasto número de leitores e admirado pela melhor crítica. Tanto que, na próxima edição da Flip, Hatoum irá proferir a conferência de abertura, uma honraria dispensada, em edições anteriores, a nomes como Antonio Candido e Fernando Henrique Cardoso.

Além de ficcionista, Hatoum também é cronista de mão cheia, espraiando seu texto leve e inteligente por diversas publicações. É o caso das crônicas selecionadas para este volume, noventa e seis amostras do texto sensível e arguto do autor de Relato de um certo Oriente, Dois irmãos e outros títulos.

Dividido em quatro seções que dão conta de temas como língua e literatura, a realidade, a memória e os afetos, além de pequenas fabulações, Um solitário à espreita traz para a forma da crônica, este gênero tradicionalmente praticado por alguns dos melhores autores brasileiros, a visão de mundo e as opiniões de Milton Hatoum. O futuro da literatura, a dureza dos anos vividos sob o regime militar, a realidade cambiante das nossas grandes cidades – tudo isso vem embalado numa prosa tão gentil quanto especulativa, tão sagaz quanto calorosa.

O amazonense Milton Hatoum é dos grandes nomes da literatura brasileira contemporânea, traduzido no exterior, reconhecido por um vasto número de leitores e admirado pela melhor crítica. Tanto que, na próxima edição da Flip, Hatoum irá proferir a conferência de abertura, uma honraria dispensada, em edições anteriores, a nomes como Antonio Candido e Fernando Henrique Cardoso.

Além de ficcionista, Hatoum também é cronista de mão cheia, espraiando seu texto leve e inteligente por diversas publicações. É o caso das crônicas selecionadas para este volume, noventa e seis amostras do texto sensível e arguto do autor de Relato de um certo Oriente, Dois irmãos e outros títulos.

Dividido em quatro seções que dão conta de temas como língua e literatura, a realidade, a memória e os afetos, além de pequenas fabulações, Um solitário à espreita traz para a forma da crônica, este gênero tradicionalmente praticado por alguns dos melhores autores brasileiros, a visão de mundo e as opiniões de Milton Hatoum. O futuro da literatura, a dureza dos anos vividos sob o regime militar, a realidade cambiante das nossas grandes cidades – tudo isso vem embalado numa prosa tão gentil quanto especulativa, tão sagaz quanto calorosa.

1 comentário em “Um Solitário à Espreita – Milton HatoumAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *