Um Estranho Numa Terra Estranha – Robert A. Heinlein

Um Estranho Numa Terra Estranha – Robert A. Heinlein

Vinte e cinco anos atrás, durante a primeira expedição a Marte, todos os tripulantes da nave terrestre morreram. Agora uma segunda expedição traz Valentine Michael Smith, criado por marcianos, filho dos primeiros astronautas. Mas Smith, além de ter os direitos à exploração do planeta Marte, tem o direito a uma das mais poderosas empresas do mundo que, por sua vez, explora um motor espacial inventado por sua mãe, uma das tripulantes da primeira expedição, o que faz com que o governo o mantenha sequestrado até decidir a sua situação. Jil, uma enfermeira, ajuda-o a fugir até Jubal Hershaw, um advogado que toma Smith por seu protegido. Mas o governo mundial quer recuperar Smith e não há de poupar os meios para o fazer.

Vinte e cinco anos atrás, durante a primeira expedição a Marte, todos os tripulantes da nave terrestre morreram. Agora uma segunda expedição traz Valentine Michael Smith, criado por marcianos, filho dos primeiros astronautas. Mas Smith, além de ter os direitos à exploração do planeta Marte, tem o direito a uma das mais poderosas empresas do mundo que, por sua vez, explora um motor espacial inventado por sua mãe, uma das tripulantes da primeira expedição, o que faz com que o governo o mantenha sequestrado até decidir a sua situação. Jil, uma enfermeira, ajuda-o a fugir até Jubal Hershaw, um advogado que toma Smith por seu protegido. Mas o governo mundial quer recuperar Smith e não há de poupar os meios para o fazer.

Um livro que critica toda a sociedade, principalmente os poderes instituídos à Igreja e ao Governo. Tem toda uma série de personagens bem construídas – principalmente Jubal Hershaw, o cínico bon vivant. Esse livro chocou os leitores na década em que foi lançado, 1961, principalmente pela maneira que Heinlein tratava a sexualidade e a religião (hoje, esse aspecto é completamente irrelevante).

1 comentário em “Um Estranho Numa Terra Estranha – Robert A. HeinleinAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *