Última corrida de touros em Salvaterra – Rebelo da Silva

Última corrida de touros em Salvaterra – Rebelo da Silva

Passa-se durante o reinado de D. José I, governo do Marquês de Pombal. Enquanto o Marquês declara guerra à Espanha D. José se diverte com tourada com os nobres.

O conde dos Arcos morre enquanto toureando e seu velho pai, o Marquês de Marialva, desce da tribuna e enfrenta suicidamente o touro.

Ele vence, no entanto, e quando o Marquês de Pombal chega, ele consola o de Marialva e pede ao rei que acabe com as touradas. D. José o faz.

 Última corrida de touros em Salvaterra - Rebelo da Silva Rebelo da Silva

 Última corrida de touros em Salvaterra - Rebelo da Silva Rebelo da Silva   Passa-se durante o reinado de D. José I, governo do Marquês de Pombal. Enquanto o Marquês declara guerra à Espanha D. José se diverte com tourada com os nobres.

O conde dos Arcos morre enquanto toureando e seu velho pai, o Marquês de Marialva, desce da tribuna e enfrenta suicidamente o touro.

Ele vence, no entanto, e quando o Marquês de Pombal chega, ele consola o de Marialva e pede ao rei que acabe com as touradas. D. José o faz.

 Última corrida de touros em Salvaterra - Rebelo da Silva Rebelo da Silva

1 comentário em “Última corrida de touros em Salvaterra – Rebelo da SilvaAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *