Tratado Político – Spinoza

Compartilhe:

Nascido em 1632, em Amsterdã, Baruch Spinoza foi um importante pensador racionalista do século XVII. Formado na ortodoxia judaica, destacou-se desde jovem no pensamento matemático e na filosofia cartesiana. Depois de estudar filósofos como Hobbes e Bruno, passou a expor doutrinas heterodoxas e foi expulso de sua comunidade religiosa. Spinoza trabalhou durante anos polindo lentes em Amsterdã, enquanto seguia compondo seus escritos. Ética, sua obra mais conhecida, veio a lume em 1665. Em 1670, publicou anonimamente o Tratado teológico-político, obra que levantou forte polêmica em toda a Europa por sua crítica à religião do ponto de vista do uso da razão. Entre suas obras filosóficas, destacam-se Princípios da filosofia cartesiana, Tratado político e Tratado da correção do intelecto. Morreu em 1677, em Haia, presumivelmente de tuberculose.

Escrito no fim da vida do filósofo, Tratado político representa o cume de seu pensamento sobre as relações entre o poder, o direito, a liberdade e a moral. Os cinco primeiros capítulos tratam dos fundamentos do Estado, partindo da noção do direito natural. Os seis capítulos seguintes descrevem a organização das três formas clássicas de governo: monarquia, aristocracia e democracia.

(Visited 62 times, 1 visits today)
Compartilhe:

2 thoughts on “Tratado Político – Spinoza

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *