Sonderkommando – Shlomo Venezia

Sonderkommando – Shlomo Venezia

O relato de Shlomo Venezia representa o único depoimento completo de um sobrevivente de Sonderkommando. Nascido em uma família pobre da comunidade judaica italiana de Salônica, desde criança Venezia desenvolveu táticas de sobrevivência e solidariedade familiar que lhe seriam úteis nos anos que se seguiram.
Aos 21 anos foi deportado pelos nazistas para o campo de concentração Auschwitz-Birkenau e incorporado a uma equipe encarregada de esvaziar as câmaras de gás e cremar os corpos dos vitimas. Venezia também participou de uma dramática, porém malsucedida revolta de prisioneiros.
Após alguns meses de serviço, normalmente as equipes também eram eliminadas. Por sorte do destino, ele fez parte de uma das últimas equipes, e foi libertado pelos americanos em 1945. Em Sonderkommando, Shlomo Venezia conta sua história para a jornalista francesa Béatrice Prasquier.

O relato de Shlomo Venezia representa o único depoimento completo de um sobrevivente de Sonderkommando. Nascido em uma família pobre da comunidade judaica italiana de Salônica, desde criança Venezia desenvolveu táticas de sobrevivência e solidariedade familiar que lhe seriam úteis nos anos que se seguiram.
Aos 21 anos foi deportado pelos nazistas para o campo de concentração Auschwitz-Birkenau e incorporado a uma equipe encarregada de esvaziar as câmaras de gás e cremar os corpos dos vitimas. Venezia também participou de uma dramática, porém malsucedida revolta de prisioneiros.
Após alguns meses de serviço, normalmente as equipes também eram eliminadas. Por sorte do destino, ele fez parte de uma das últimas equipes, e foi libertado pelos americanos em 1945. Em Sonderkommando, Shlomo Venezia conta sua história para a jornalista francesa Béatrice Prasquier.

1 comentário em “Sonderkommando – Shlomo VeneziaAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *