Sobre o suicídio – Karl Marx

Compartilhe:

Em ‘Sobre o suicídio’ Marx trata da esfera da vida privada, das angústias da existência mediada pela propriedade e pelas relações de classe, e antecipa temas como o direito ao aborto, o feminismo e a opressão familiar na sociedade capitalista. Diferente também na sua origem, o texto tem por base uma tradução comentada de passagens de ‘Du suicide et ses causes’, um capítulo das memórias de Jacques Peuchet, diretor dos Arquivos da Polícia de Paris durante o período da Restauração, que se torna uma espécie de ‘co-autor’ desta obra. A partir dos interessantes casos policiais de suicídio relatados por Peuchet, Marx tece as relações entre a vida privada e a estrutura social. Analisa o suicídio como expressão extrema de uma sociedade doente, de um sistema que necessita de uma transformação radical para resolver não só as questões do campo da política e da economia, mas também as opressões nas relações sociais e o mal-estar dos indivíduos. Com um texto claro, surpreendente e muitas vezes apaixonado em suas argumentações, ‘Sobre o suicídio’ revela uma faceta ignorada de um dos mais famosos e influentes pensadores da humanidade – suas idéias sobre relações pessoais.

Links Retirados
Links Retirados
(Visited 54 times, 1 visits today)
Compartilhe:

Send a Comment

Your email address will not be published.

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Gostou do epubr.club? Por favor, espalhe a palavra :)