Sempreviva – Antonio Callado

Sempreviva – Antonio Callado

Sempreviva conta a história de Quinho, exilado político que volta ao Brasil clandestinamente com a tarefa justiceira de desvendar a identidade dos responsáveis pela tortura de sua mulher Lucinda durante a ditadura. Escrito originalmente em 1981, representa, junto com Reflexos do baile, uma guinada estilística na construção de sua obra, apresentando longas frases que fogem da sintaxe padrão.

Sempreviva conta a história de Quinho, exilado político que volta ao Brasil clandestinamente com a tarefa justiceira de desvendar a identidade dos responsáveis pela tortura de sua mulher Lucinda durante a ditadura. Escrito originalmente em 1981, representa, junto com Reflexos do baile, uma guinada estilística na construção de sua obra, apresentando longas frases que fogem da sintaxe padrão.

1 comentário em “Sempreviva – Antonio CalladoAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *