Santos-Dumont – No Coração da Humanidade – Welington Almeida Pinto

Santos-Dumont – No Coração da Humanidade – Welington Almeida Pinto

O INVENTOR QUE COLOCOU O BRASIL NO PÓDIO PERMANENTE DA CIÊNCIA UNIVERSAL DE TODOS OS TEMPOS

EM PAÍSES DESENVOLVIDOS, a preocupação do Governo é estimular seu povo a guardar a memória de seus grandes vultos, personalidades responsáveis por realizações, que, de uma ou outra forma, foram úteis à Humanidade.

Santos-Dumont - No Coração da Humanidade - Welington Almeida PintoO INVENTOR QUE COLOCOU O BRASIL NO PÓDIO PERMANENTE DA CIÊNCIA UNIVERSAL DE TODOS OS TEMPOS

EM PAÍSES DESENVOLVIDOS, a preocupação do Governo é estimular seu povo a guardar a memória de seus grandes vultos, personalidades responsáveis por realizações, que, de uma ou outra forma, foram úteis à Humanidade.

Para o coronel Deoclécio Lima de Siqueira, ex-diretor do Instituto Histórico-Cultural da Aeronáutica, Alberto Santos-Dumont é, sem a menor sombra de dúvida, o Pai da Aviação. E afirma: … “diante dos documentos históricos é indiscutível o grande valor das realizações de Santos-Dumont. Esquecê-las ou distorcê-las é imperdoável, pois, além de injusto, é prejudicial ao futuro que não deve ignorar as verdadeiras causas das conquistas humanas. Na verdade, o sucesso de nosso patrício baseia-se nas suas qualidades bem brasileiras: na persistência do mineiro que era; na audácia do paulista que tanto conheceu; na perspicácia do caboclo em seu raciocínio; na sagacidade do nosso índio em seu povo; no gênio inventor que possuía, no desprendimento do brasileiro de toda hora; no idealismo do idealista de sempre.”

Nosso livro tem como objetivo estimular na juventude brasileira interesse pela nossa história, além de despertar o sentimento de orgulho por um grande cientista, que colocou o Brasil no pódio permanente da Ciência Universal de todos os tempos.

1 comentário em “Santos-Dumont – No Coração da Humanidade – Welington Almeida PintoAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *