Sandman: Edição Definitiva – Volume 02 – Neil Gaiman

Sandman: Edição Definitiva – Volume 02 – Neil Gaiman

Depois do sucesso do primeiro volume de Sandman – Edição Definitiva, a sua continuação chega às livrarias de todo o país trazendo mais um ato da jornada de Morfeus, o Rei do Sonhar. O responsável por essa saga contemporânea é Neil Gaiman, o autor que se tornou uma unanimidade entre os leitores de quadrinhos. Com sua fábula contemporânea, ele criou uma mitologia que adquiriu vida própria logo que entrou em contato com os leitores tornando-se um clássico quase instantâneo. A série conta a história de Morfeus, um dos Perpétuos — criaturas análogas aos deuses, mas ainda maiores. Basicamente ele controla e tem acesso a todos os sonhos da humanidade e de todas as criaturas capazes de sonhar, sendo o senhor do Mundo dos Sonhos, a terra aonde vamos em nossas horas de sono. Quando o arco Estação das Brumas – publicado nesta edição – começou, em outubro de 1990, a reputação de Sandman como uma das narrativas gráficas mais inovadoras e inteligentes já publicadas havia ultrapassado as fronteiras tradicionais dos quadrinhos. Em apenas vinte edições, Neil Gaiman e seus colaboradores haviam desenvolvido uma mitologia rica e profunda no Sonhar – que capturava a imaginação dos leitores onde quer que estivessem. A partir dessas conquistas, a série estava destinada a alcançar níveis ainda mais altos de popularidade – e o ponto de virada seria o retorno memorável do Rei dos Sonhos ao Inferno, apresentado nessa edição.

Depois do sucesso do primeiro volume de Sandman – Edição Definitiva, a sua continuação chega às livrarias de todo o país trazendo mais um ato da jornada de Morfeus, o Rei do Sonhar. O responsável por essa saga contemporânea é Neil Gaiman, o autor que se tornou uma unanimidade entre os leitores de quadrinhos. Com sua fábula contemporânea, ele criou uma mitologia que adquiriu vida própria logo que entrou em contato com os leitores tornando-se um clássico quase instantâneo. A série conta a história de Morfeus, um dos Perpétuos — criaturas análogas aos deuses, mas ainda maiores. Basicamente ele controla e tem acesso a todos os sonhos da humanidade e de todas as criaturas capazes de sonhar, sendo o senhor do Mundo dos Sonhos, a terra aonde vamos em nossas horas de sono. Quando o arco Estação das Brumas – publicado nesta edição – começou, em outubro de 1990, a reputação de Sandman como uma das narrativas gráficas mais inovadoras e inteligentes já publicadas havia ultrapassado as fronteiras tradicionais dos quadrinhos. Em apenas vinte edições, Neil Gaiman e seus colaboradores haviam desenvolvido uma mitologia rica e profunda no Sonhar – que capturava a imaginação dos leitores onde quer que estivessem. A partir dessas conquistas, a série estava destinada a alcançar níveis ainda mais altos de popularidade – e o ponto de virada seria o retorno memorável do Rei dos Sonhos ao Inferno, apresentado nessa edição.