Rubem Braga: um cigano fazendeiro do ar – Marco Antonio de Carvalho

Compartilhe:

Rubem Braga: um cigano fazendeiro do ar – Marco Antonio de CarvalhoRubem Braga começou a escrever e assinar suas crônicas aos 15 anos de idade, sem imaginar que, mais tarde, iria tornar-se uma espécie de padroeiro do gênero no Brasil e o inventor da crônica moderna no país. Em Rubem Braga – Um cigano fazendeiro do ar, Marco Antonio de Carvalho, conterrâneo de Braga, faz um “registro da vida privada do escritor e do panorama social de sua época, oscilando entre os fatos anedóticos e saborosos da memória afetiva e os acontecimentos da história e da política”, como define o jornalista Manuel da Costa Pinto, que assina a orelha do livro.

Send a Comment

Your email address will not be published.

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Gostou do epubr.club? Por favor, espalhe a palavra :)