Risíveis Amores – Milan Kundera

Risíveis Amores – Milan Kundera

Nos sete contos de Risíveis Amores, publicados pela primeira vez no Brasil em 2001, Milan Kundera retira do amor e do sexo a seriedade que costuma recobri-los. As situações se desenvolvem a partir de um mal-entendido, de um jogo com o outro. A mentira — ou a a arte de iludir e ser iludido — está sempre em foco. Mas o engano, que se inicia pela brincadeira, revela como o autoengano governa todos os aspectos da vida.
Não são apenas histórias de amor que fazem rir. São, também, histórias sobre tentativas de repor alguma verdade à experiência amorosa.

Risíveis Amores - Milan KunderaNos sete contos de Risíveis Amores, publicados pela primeira vez no Brasil em 2001, Milan Kundera retira do amor e do sexo a seriedade que costuma recobri-los. As situações se desenvolvem a partir de um mal-entendido, de um jogo com o outro. A mentira — ou a a arte de iludir e ser iludido — está sempre em foco. Mas o engano, que se inicia pela brincadeira, revela como o autoengano governa todos os aspectos da vida.
Não são apenas histórias de amor que fazem rir. São, também, histórias sobre tentativas de repor alguma verdade à experiência amorosa.

1 comentário em “Risíveis Amores – Milan KunderaAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *