Rigoletto – Aydano Roriz

Rigoletto – Aydano Roriz

Com texto envolvente, cenas realistas e às vezes picantes, Rigoletto é uma aventura que dosa, na medida certa, suspense, política e humor. E com o tempero adicional de revelar os bastidores de um navio de cruzeiros e o dia a dia da tripulação de diferentes nacionalidades.
• Maio de 2012. Ao final da temporada brasileira, o navio Rigoletto parte de regresso à Europa. Lotado.
• Pouco depois do último porto de escala no Brasil, estranhas e discretas mortes começam a acontecer a bordo.
• O comandante holandês e os oficiais não sabem mais o que fazer para manter o sigilo e desvendar o mistério.
• Uma jornalista de 36 anos, mais um juiz cinquentão, descobrem o que está acontecendo a bordo e se propõem a ajudar.
• O navio já está no meio do Atlântico. A mortandade continua. • As pistas não levam a nada até surgirem indícios de que o mandante dos crimes talvez sejam poderosos políticos brasileiros.
Sobre o Autor
Aydano Roriz nasceu em Juazeiro, Bahia, em 1949. Em São Paulo, trabalha em revistas desde 1972. Em 2005, mudou-se para a paradisíaca Ilha da Madeira, no Atlântico Norte, a 1.000 km de Lisboa. É lá, no Funchal, que gosta de escrever. Rigoletto é o oitavo romance do autor e, tal como outros quatro de seus livros, este também já foi traduzido para o inglês.

Rigoletto - Aydano RorizCom texto envolvente, cenas realistas e às vezes picantes, Rigoletto é uma aventura que dosa, na medida certa, suspense, política e humor. E com o tempero adicional de revelar os bastidores de um navio de cruzeiros e o dia a dia da tripulação de diferentes nacionalidades.
• Maio de 2012. Ao final da temporada brasileira, o navio Rigoletto parte de regresso à Europa. Lotado.
• Pouco depois do último porto de escala no Brasil, estranhas e discretas mortes começam a acontecer a bordo.
• O comandante holandês e os oficiais não sabem mais o que fazer para manter o sigilo e desvendar o mistério.
• Uma jornalista de 36 anos, mais um juiz cinquentão, descobrem o que está acontecendo a bordo e se propõem a ajudar.
• O navio já está no meio do Atlântico. A mortandade continua. • As pistas não levam a nada até surgirem indícios de que o mandante dos crimes talvez sejam poderosos políticos brasileiros.

Sobre o Autor

Aydano Roriz nasceu em Juazeiro, Bahia, em 1949. Em São Paulo, trabalha em revistas desde 1972. Em 2005, mudou-se para a paradisíaca Ilha da Madeira, no Atlântico Norte, a 1.000 km de Lisboa. É lá, no Funchal, que gosta de escrever. Rigoletto é o oitavo romance do autor e, tal como outros quatro de seus livros, este também já foi traduzido para o inglês.