Requiem: Uma Alucinação – Antonio Tabucchi

Requiem: Uma Alucinação – Antonio Tabucchi

Romance de 1991 do escritor italiano Antonio Tabucchi. Situada em Lisboa, a narrativa é centrada num autor italiano que encontra o espírito de um poeta português morto. Uma declaração de amor a Lisboa, cidade que adotou para viver e onde morreu em 2012, aos 69 anos, e também ao português, idioma no qual escreveu este livro. Entre realidade e sonho, o protagonista perambula pelas ruas num domingo escaldante de julho. Sabe vagamente que tem um encontro ao meio-dia com Fernando Pessoa. No errático percurso em que vivos e mortos se esbarram, revê gente do passado e aproveita para desatar alguns nós de sua vida, num clima de humor e melancolia em doses precisas.
Tabucchi foi professor de língua e literatura portuguesa na Universidade de Siena. Era especialista e tradutor de Fernando Pessoa, cuja obra conheceu nos anos 60 quando estudava na Sorbonne e o estimulou a aprender o idioma.

Romance de 1991 do escritor italiano Antonio Tabucchi. Situada em Lisboa, a narrativa é centrada num autor italiano que encontra o espírito de um poeta português morto. Uma declaração de amor a Lisboa, cidade que adotou para viver e onde morreu em 2012, aos 69 anos, e também ao português, idioma no qual escreveu este livro. Entre realidade e sonho, o protagonista perambula pelas ruas num domingo escaldante de julho. Sabe vagamente que tem um encontro ao meio-dia com Fernando Pessoa. No errático percurso em que vivos e mortos se esbarram, revê gente do passado e aproveita para desatar alguns nós de sua vida, num clima de humor e melancolia em doses precisas.
Tabucchi foi professor de língua e literatura portuguesa na Universidade de Siena. Era especialista e tradutor de Fernando Pessoa, cuja obra conheceu nos anos 60 quando estudava na Sorbonne e o estimulou a aprender o idioma.

1 comentário em “Requiem: Uma Alucinação – Antonio TabucchiAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *