Rê Bordosa: Vida e Obra da Porraloca – Angeli

Rê Bordosa: Vida e Obra da Porraloca – Angeli

Pode parecer infame o trocadilho, mas os personagens de Angeli grudam mesmo que nem chiclete. De sua sensível observação saíram os mais marcantes tipos do humor paulistano da atualidade. Nenhum, no entanto, marcou mais que “Rê Bordosa”, talvez o mais completo retrato psicológico e social da mulher urbana de sua época, dividida entre a crise dos 30 anos, o eterno desafio de se relacionar com o sexo oposto e a liberdade sexual que a satisfez na década anterior.

Uma década depois de sua última aparição nas bancas, a alcoólatra mais famosa do Brasil está de volta em livro para matar a saudade dos fãs e deixar embasbacada a nova geração, diante de sua atualidade e qualidade. “Rê Bordosa, vida e obra da porraloca”, é o terceiro volume da série “Sobras Completas”, de Angeli editada pelas editoras Devir e Jacaranda.

No livro, totalmente a cores, estão as tiras clássicas da personagem: com o pai e mãe, nos bares, com os eventuais parceiros de cama e curtição. As três primeiras tiras que abrem a edição são o melhor exemplo da atemporalidade e do humor genial da personagem mais amada de Angeli. Na segunda delas, num momento de auto-depreciação, ela dispara: “Rê Bordosa, você não passa de uma barata!… Daquelas que não há inseticida… Que mate!”

Rê Bordosa: Vida e Obra da Porraloca - AngeliPode parecer infame o trocadilho, mas os personagens de Angeli grudam mesmo que nem chiclete. De sua sensível observação saíram os mais marcantes tipos do humor paulistano da atualidade. Nenhum, no entanto, marcou mais que “Rê Bordosa”, talvez o mais completo retrato psicológico e social da mulher urbana de sua época, dividida entre a crise dos 30 anos, o eterno desafio de se relacionar com o sexo oposto e a liberdade sexual que a satisfez na década anterior.

Uma década depois de sua última aparição nas bancas, a alcoólatra mais famosa do Brasil está de volta em livro para matar a saudade dos fãs e deixar embasbacada a nova geração, diante de sua atualidade e qualidade. “Rê Bordosa, vida e obra da porraloca”, é o terceiro volume da série “Sobras Completas”, de Angeli editada pelas editoras Devir e Jacaranda.

No livro, totalmente a cores, estão as tiras clássicas da personagem: com o pai e mãe, nos bares, com os eventuais parceiros de cama e curtição. As três primeiras tiras que abrem a edição são o melhor exemplo da atemporalidade e do humor genial da personagem mais amada de Angeli. Na segunda delas, num momento de auto-depreciação, ela dispara: “Rê Bordosa, você não passa de uma barata!… Daquelas que não há inseticida… Que mate!”

Sobre Angeli

Arnaldo Angeli Filho, nasceu em 31 de agosto de 1956 na cidade de São Paulo e já aos 14 anos, publicou seu primeiro desenho na extinta revista Senhor.

Em 1973 foi convidado a desenhar para o jornal Folha de São Paulo, onde além de charges políticas, criou para a seção de quadrinhos, a tira diária Chiclete com Banana, título que lançou personagens como Rê Bordosa, Bob Cuspe, Wood & Stock e os Skrotinhos e em 1985, transformou-se numa revista de quadrinhos independente, com inquestionável influência no mercado editorial.

Autor de vários livros, participante de alguns festivais de comics da Europa e colaborador do jornal Diário de Notícias de Lisboa, Angeli teve seus trabalhos publicados pelas revistas Linus, de Milão; El Vibora, de Barcelona; Humor, de Buenos Aires e um álbum, Os Skrotinhos, editado em Lisboa.

Atualmente, trabalha com exclusividade para Folha de São Paulo e para o provedor Universo Online, desenvolvendo quadrinhos animados para a internet.

2 comentários em “Rê Bordosa: Vida e Obra da Porraloca – AngeliAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *