Que Sejamos Perdoados – A. M. Homes

Que Sejamos Perdoados – A. M. Homes

Que sejamos perdoados é um romance brilhante, cômico e cáustico, sobre a vida em família e a possibilidade de transformação. Harry Silver é historiador sem muito sucesso profissional, especialista de tudo relacionado ao presidente Nixon, que passou a vida vendo o irmão mais novo, mais alto e mais bem-sucedido George Silver conquistar sempre o que queria: uma mulher invejável, dois filhos e uma bela casa no subúrbio de Nova York.

Mas George tem também um temperamento intempestivo e violento, e, quando finalmente sucumbe, numa onda catastrófica de violência que deixa um rastro de destruição em seu caminho, Harry vê sua própria vida se despedaçar. O irmão é encarcerado, os sobrinhos caem sob sua tutela, sua mulher o deixa e seus antigos problemas familiares vêm à tona, e tudo o que parece à sua espera são mais problemas inesperados.

É a partir desse ponto, em que tudo veio abaixo, que ele terá de recomeçar do zero, numa jornada tragicômica pela redenção, cujas peripécias montam um retrato selvagem e imaginativo da sociedade americana contemporânea.

Que Sejamos Perdoados - A. M. HomesQue sejamos perdoados é um romance brilhante, cômico e cáustico, sobre a vida em família e a possibilidade de transformação. Harry Silver é historiador sem muito sucesso profissional, especialista de tudo relacionado ao presidente Nixon, que passou a vida vendo o irmão mais novo, mais alto e mais bem-sucedido George Silver conquistar sempre o que queria: uma mulher invejável, dois filhos e uma bela casa no subúrbio de Nova York.

Mas George tem também um temperamento intempestivo e violento, e, quando finalmente sucumbe, numa onda catastrófica de violência que deixa um rastro de destruição em seu caminho, Harry vê sua própria vida se despedaçar. O irmão é encarcerado, os sobrinhos caem sob sua tutela, sua mulher o deixa e seus antigos problemas familiares vêm à tona, e tudo o que parece à sua espera são mais problemas inesperados.

É a partir desse ponto, em que tudo veio abaixo, que ele terá de recomeçar do zero, numa jornada tragicômica pela redenção, cujas peripécias montam um retrato selvagem e imaginativo da sociedade americana contemporânea.

1 comentário em “Que Sejamos Perdoados – A. M. HomesAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *