Por Deus, Pela Pátria e Pela Coca-Cola – Mark Pendergrast

Por Deus, Pela Pátria e Pela Coca-Cola – Mark Pendergrast

Por Deus, Pela Pátria e Pela Coca-Cola é uma história cultural, social e econômica da América, vista através do vidro de uma garrafa de Coca. E que crônica tipicamente americana que ela é! A Coca-Cola começou humilde, como remédio sem rótulo vendido em feiras, em meio ao entusiasmo e caos de Atlanta, no período de Reconstrução que se seguiu à Guerra Civil. Um empresário astuto percebeu-lhe o valor como bebida, que rapidamente se popularizou durante a Idade de Ouro até tornar-se o bem de consumo dominante do Século Americano. A razão do sucesso da Coca-Cola foi uma publicidade onipresente, enquanto os mestres criadores de mitos da Companhia despertavam e em seguida saciavam a sede de uma nação. E quando a I Guerra Mundial levou tropas americanas ao ultramar, o refrigerante seguiu-lhe as pegadas, lançando os alicerces de uma presença mundial duradoura e lucrativa.

Por Deus, Pela Pátria e Pela Coca-Cola é uma história cultural, social e econômica da América, vista através do vidro de uma garrafa de Coca. E que crônica tipicamente americana que ela é! A Coca-Cola começou humilde, como remédio sem rótulo vendido em feiras, em meio ao entusiasmo e caos de Atlanta, no período de Reconstrução que se seguiu à Guerra Civil. Um empresário astuto percebeu-lhe o valor como bebida, que rapidamente se popularizou durante a Idade de Ouro até tornar-se o bem de consumo dominante do Século Americano. A razão do sucesso da Coca-Cola foi uma publicidade onipresente, enquanto os mestres criadores de mitos da Companhia despertavam e em seguida saciavam a sede de uma nação. E quando a I Guerra Mundial levou tropas americanas ao ultramar, o refrigerante seguiu-lhe as pegadas, lançando os alicerces de uma presença mundial duradoura e lucrativa.

Valendo-se de inúmeras fontes até então inéditas, Por Deus, Pela Pátria e Pela Coca-Cola traça um retrato vivo dos empresários que dirigiram a empresa: o devoto metodista Asa Candler, que trouxe a Companhia ainda implume ao século atual; Robert Woodruff, com o indefectível charuto amassado na boca, o anfitrião de presidentes americanos em sua fazenda na Geórgia; e o aristocrático Roberto Goizueta, de antecedentes cosmopolitas e dotado de uma visão que lhe permitiu abrir os mercados mundiais. Todos eles deixaram uma marca indelével na Coca-Cola. O livro conta ainda com um pitoresco elenco de coadjuvantes, constituído de picaretas, trapaceiros, publicitários, e vigaristas que transformaram o refrigerante na marca registrada mais conhecida em todo o mundo. O lado negativo da Coca-Cola também está presente: manobras legais escusas, acordos de compadres com políticos, tratamento brutal a concorrentes e trabalhadores do Terceiro Mundo. A despeito de uma imagem ocasionalmente maculada, porém, a Companhia continua impávida sua marcha, armada com seu famoso produto — para estabelecer a presença global.

Provocante, controvertido e sempre divertido, Por Deus, Pela Pátria e Pela Coca-Cola revela como a Coca transformou irreversivelmente nosso mundo. Como saga familiar, história cultural e, finalmente, história completa de um ícone americano, este livro é “Emoção Pra Valer”.

1 comentário em “Por Deus, Pela Pátria e Pela Coca-Cola – Mark PendergrastAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *