Poemas Negros – Jorge de Lima

Poemas Negros – Jorge de Lima

“Poemas Negros” foi lançado em 1947 com ilustrações do artista Lasar Segall e prefácio de Gilberto Freyre. Esta edição recupera a primeira, apresentando ao leitor 39 poemas marcados por envolvente musicalidade e apelo aos sentidos. Entre o engenheiro e o navio negreiro, Jorge de Lima apresenta a paisagem nordestina, as lavadeiras na lida, o ar “duro, gordo, oleoso” da madorna, sem deixar de lado a bisavó que “dançou uma valsa com D. Pedro II”.

“Poemas Negros” foi lançado em 1947 com ilustrações do artista Lasar Segall e prefácio de Gilberto Freyre. Esta edição recupera a primeira, apresentando ao leitor 39 poemas marcados por envolvente musicalidade e apelo aos sentidos. Entre o engenheiro e o navio negreiro, Jorge de Lima apresenta a paisagem nordestina, as lavadeiras na lida, o ar “duro, gordo, oleoso” da madorna, sem deixar de lado a bisavó que “dançou uma valsa com D. Pedro II”.

1 comentário em “Poemas Negros – Jorge de LimaAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *