Playboy Clássicos: Mara Maravilha (+18)

Compartilhe:

Baiana, natural de Itapetinga, a menina de origem simples ascendeu os primeiros degraus da fama quando a maioria das meninas de sua idade pensa apenas em brincar de boneca. Aos oito anos, Mara já apresentava seu próprio infantil pela TV Itapoan, então emissora afiliada ao SBT para todo o estado da Bahia. Entre o público baiano ela ficou conhecida como “Miss Mara”, e no início da década de 1980 tornou-se a principal atração televisiva produzida por uma emissora fora do eixo Rio-São Paulo. Em 1982, Mara assinou seu primeiro contrato com uma multinacional, a EMI-Odeon, onde lançou seu primeiro disco. Na época, como apresentadora do Clube do Mickey, Mara ganhou a atenção do apresentador e empresário Silvio Santos. A convite dele, ela mudou-se para São Paulo aos 15 anos de idade, onde estreou em rede nacional com programas voltados para o público adolescente e adulto, e integrando também o júri do Show de Calouros de Silvio Santos por cerca de três anos. Na emissora paulista, Mara apresentou o TV Pow, a Sessão Premiada, o programa O Preço Certo e foi também repórter do programa Viva a Noite, do apresentador Augusto Liberato (Gugu). Mas foi em 1987, quando estreou o programa infantil Show Maravilha, que a baiana viu seu nome tornar-se uma febre nacional. Mara virou um dos maiores ídolos infantis da história da televisão brasileira, e a pioneira no estilo de programas infantis que também viria a consagrar Xuxa. Logo o nome “Mara Maravilha” se transformou em uma marca de sucesso que vendeu milhões de discos, emplacou dezenas de sucessos nas rádios de todo o país, virou boneca, marca de brinquedos, e por quase uma década ajudou a alavancar a audiência do SBT em uma disputa acirrada pelo primeiro lugar com a Rede Globo de televisão. Em 2006, durante as comemorações pelos 25 anos do SBT, o Show Maravilha foi eleito pelos internautas do portal UOL como o melhor programa já feito pela emissora. Em fevereiro de 1990 Mara foi capa da revista Playboy brasileira. Na década anos 90 seu sucesso extrapolou as fronteiras brasileiras e Mara tornou-se alvo do interesse internacional. Contratada pela emissora local CBA Argentina de Córdoba, Mara apresentou em horário nobre o programa “Show Mara Maravilla”, que foi um fracasso de audiência,por ter geração local e aproveitando o momento teve seus grandes sucessos gravados em espanhol. Mara já gravou mais de 250 canções e acumulou cerca de 20 Discos de Ouro. Em 1995, de maneira inusitada, Mara decidiu mudar radicalmente os rumos de sua carreira, passando a investir exclusivamente no segmento de música gospel, onde ela tem se mantido como cantora até então.

 

 

 

 

 

 

(Visited 2.017 times, 1 visits today)
Compartilhe:

Send a Comment

Your email address will not be published.

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Gostou do epubr.club? Por favor, espalhe a palavra :)