Pierre Victor Renault – Vincent Maraux

Pierre Victor Renault – Vincent Maraux

Vicent Maraux conta a história da vida de seu pai, Pierre Victor Renault, que havia imigrado da França para o Brasil e exercido aqui o cargo de engenheiro de minas e grande educador. Fundou em Barbacena, o colégio Victor Renault, sendo seu principal professor, onde estudaram grandes políticos mineiros. Não dispondo de manuais adequados, escreveu um livro sobre aplicação do sistema métrico decimal, publicado no Brasil e na França. Escreveu também “Tesouros e famílias” um tipo de enciclopédia abrangendo os mais diversos assuntos, com 864 páginas e, também publicando tanto no Brasil com na França. Além destas duas obras, criou um método fácil de aprender a ler em quinze lições e um resumo de história e geografia, o tornando ainda mais famoso.

O autor Vicent Maraux comenta que ao pesquisar arquivos familiares descobriu um tal de Pierre Victor Renault, nascido em Metz em 1811 e que seu pai fez o seguinte comentário no livro da família: “graves erros de juventude fizeram-no ir para o Brasil onde exerceu as funções de engenheiro e adquiriu a estima e consideração. Atacado por uma doença mais moral que física, seu médico fez com que ele se casasse com sua filha Antonia de Araujo em dezembro de 1840″. Na França seu pai exercia cargo político e era monarquista. Os “graves erros de juventude” do filho eram suas idéias republicanas e para solucionar, o embarcou para o Brasil, como diz o livro, sem derramar uma lágrima.

Pierre Victor Renault – Vincent MarauxVicent Maraux conta a história da vida de seu pai, Pierre Victor Renault, que havia imigrado da França para o Brasil e exercido aqui o cargo de engenheiro de minas e grande educador. Fundou em Barbacena, o colégio Victor Renault, sendo seu principal professor, onde estudaram grandes políticos mineiros. Não dispondo de manuais adequados, escreveu um livro sobre aplicação do sistema métrico decimal, publicado no Brasil e na França. Escreveu também “Tesouros e famílias” um tipo de enciclopédia abrangendo os mais diversos assuntos, com 864 páginas e, também publicando tanto no Brasil com na França. Além destas duas obras, criou um método fácil de aprender a ler em quinze lições e um resumo de história e geografia, o tornando ainda mais famoso.

O autor Vicent Maraux comenta que ao pesquisar arquivos familiares descobriu um tal de Pierre Victor Renault, nascido em Metz em 1811 e que seu pai fez o seguinte comentário no livro da família: “graves erros de juventude fizeram-no ir para o Brasil onde exerceu as funções de engenheiro e adquiriu a estima e consideração. Atacado por uma doença mais moral que física, seu médico fez com que ele se casasse com sua filha Antonia de Araujo em dezembro de 1840″. Na França seu pai exercia cargo político e era monarquista. Os “graves erros de juventude” do filho eram suas idéias republicanas e para solucionar, o embarcou para o Brasil, como diz o livro, sem derramar uma lágrima.