cover

Pensadores da Nova Esquerda – Roger Scruton

Neste livro, o filósofo britânico Roger Scruton analisa a obra de catorze intelectuais da chamada Nova Esquerda. São eles: E. P. Thompson, Ronald Dworkin, Michel Foucault, R. D. Laing, Raymond Williams, Rudolf Bahro, Antonio Gramsci, Louis Althusser, Immanuel Wallerstein, Jürgen Habermas, Perry Anderson, György Lukács, J. K. Galbraith e Jean-Paul Sartre. Antes de tratar destes autores individualmente, Scruton procura esclarecer o que é a esquerda e por que escolheu abordar estes autores. Ao final, ele também explicita a perspectiva subjacente a suas análises, de maneira a deixar claro de que ponto de vista partem as críticas feitas.
Sobre o autor

Proeminente filósofo inglês, lecionou por mais de vinte anos na Universidade de Londres. Hoje está na Universidade de St. Andrews, na Universidade de Boston e no American Enterprise Institute. Concentra-se academicamente na área da estética, compondo o conselho editorial do British Journal of Aesthetics. Fundou a revista de orientação conservadora The Salisbury Review, onde escrevem autores como Theodore Dalrymple. É autor de best-sellers em estética e em filosofia política. Durante a Guerra Fria, empenhou-se em estabelecer universidades e centros acadêmicos clandestinos em países da Europa Central que então pertenciam à URSS.

Neste livro, o filósofo britânico Roger Scruton analisa a obra de catorze intelectuais da chamada Nova Esquerda. São eles: E. P. Thompson, Ronald Dworkin, Michel Foucault, R. D. Laing, Raymond Williams, Rudolf Bahro, Antonio Gramsci, Louis Althusser, Immanuel Wallerstein, Jürgen Habermas, Perry Anderson, György Lukács, J. K. Galbraith e Jean-Paul Sartre. Antes de tratar destes autores individualmente, Scruton procura esclarecer o que é a esquerda e por que escolheu abordar estes autores. Ao final, ele também explicita a perspectiva subjacente a suas análises, de maneira a deixar claro de que ponto de vista partem as críticas feitas.

Sobre o autor

Proeminente filósofo inglês, lecionou por mais de vinte anos na Universidade de Londres. Hoje está na Universidade de St. Andrews, na Universidade de Boston e no American Enterprise Institute. Concentra-se academicamente na área da estética, compondo o conselho editorial do British Journal of Aesthetics. Fundou a revista de orientação conservadora The Salisbury Review, onde escrevem autores como Theodore Dalrymple. É autor de best-sellers em estética e em filosofia política. Durante a Guerra Fria, empenhou-se em estabelecer universidades e centros acadêmicos clandestinos em países da Europa Central que então pertenciam à URSS.

2 comentários em “Pensadores da Nova Esquerda – Roger ScrutonAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *