Patton – O Herói Polêmico da Segunda Guerra – João Fábio Bertonha

Patton – O Herói Polêmico da Segunda Guerra – João Fábio Bertonha

Patton foi um dos personagens mais famosos e controversos da Segunda Guerra Mundial. General competente e carismático ficou conhecido pelas suas falas pouco convencionais, como aquela da famosa cena de abertura do filme que leva seu nome. Originário de uma família rica e poderosa (sendo considerado o mais rico oficial do Exército dos EUA na sua época), Patton era capaz de falar com a linguagem simples dos soldados. Seu poder de persuasão podia levar a tropa aos maiores sacrifícios, o que fazia dele um comandante amado e odiado ao mesmo tempo. Exigia disciplina e obediência dos seus comandados, mas entrava constantemente em conflito com seus superiores. Seu desempenho durante a Segunda Guerra Mundial foi muito importante para a derrota do nazismo, mas Patton combatia um exército que defendia o racismo sem abrir mão de seus próprios preconceitos contra negros e judeus. Em Patton: o herói polêmico da Segunda Guerra, a vida desse homem contraditório, verdadeiro profissional da guerra, é destrinchada, seu talento bélico realçado, sua incapacidade de conviver pacificamente exposta. O livro contém ainda bibliografia comentada, mapas ilustrativos de momentos decisivos da Segunda Guerra e fotos marcantes daquele que foi ao mesmo tempo herói e anti-herói.

Patton – O Herói Polêmico da Segunda Guerra – João Fábio BertonhaPatton foi um dos personagens mais famosos e controversos da Segunda Guerra Mundial. General competente e carismático ficou conhecido pelas suas falas pouco convencionais, como aquela da famosa cena de abertura do filme que leva seu nome. Originário de uma família rica e poderosa (sendo considerado o mais rico oficial do Exército dos EUA na sua época), Patton era capaz de falar com a linguagem simples dos soldados. Seu poder de persuasão podia levar a tropa aos maiores sacrifícios, o que fazia dele um comandante amado e odiado ao mesmo tempo. Exigia disciplina e obediência dos seus comandados, mas entrava constantemente em conflito com seus superiores. Seu desempenho durante a Segunda Guerra Mundial foi muito importante para a derrota do nazismo, mas Patton combatia um exército que defendia o racismo sem abrir mão de seus próprios preconceitos contra negros e judeus. Em Patton: o herói polêmico da Segunda Guerra, a vida desse homem contraditório, verdadeiro profissional da guerra, é destrinchada, seu talento bélico realçado, sua incapacidade de conviver pacificamente exposta. O livro contém ainda bibliografia comentada, mapas ilustrativos de momentos decisivos da Segunda Guerra e fotos marcantes daquele que foi ao mesmo tempo herói e anti-herói.