Os porões da contravenção: Jogo do bicho e Ditadura Militar – Aloy Jupiara, Chico Otavio

Compartilhe:

• Aloy Jupiara foi editor executivo e de conteúdo da edição digital do jornal O Globo, e atualmente é responsável pela edição digital do jornal Extra. É pesquisador da história do samba e do carnaval do Rio de Janeiro.

• Chico Otavio é jornalista e trabalha desde 1997 na redação do jornal O Globo, onde conquistou diversos Prêmios Esso de Jornalismo. É um dos criadores e foi vice-presidente da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji).

Jogo do bicho e ditadura militar: a história da aliança que profissionalizou o crime organizado

Este livro-reportagem é daqueles raros que esgota – destrincha até não sobrar dúvida – o assunto a que se dedica: a histórica e macabra sociedade entre jogo do bicho e ditadura militar. Seus personagens principais, Anísio, o “papai” da Beija-Flor, Castor de Andrade, o benfeitor da Mocidade Independente, e Capitão Guimarães, militar e torturador dos calabouços da ditadura, cresceram e apareceram (não sem muito sangue) no ambiente terrivelmente favorável dessa parceria.

Neste Os porões da contravenção, Aloy Jupiara e Chico Otavio recriam a fauna de terror em que os bicheiros foram buscar os braços que lhes garantiriam segurança, território e organização. E vão muito além de escancarar – o que por si só já representaria um marco jornalístico – as manobras por meio das quais o regime não apenas protegeu, mas permitiu e mesmo estimulou, o desenvolvimento sustentável do crime organizado no Rio de Janeiro e, logo, no Brasil.

Quer baixar rapidamente e sem propaganda? Torna-se nosso patrono clicando aqui

(Visited 682 times, 1 visits today)
Compartilhe:

2 thoughts on “Os porões da contravenção: Jogo do bicho e Ditadura Militar – Aloy Jupiara, Chico Otavio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *