Os intelectuais e a sociedade – Thomas Sowell

Os intelectuais e a sociedade – Thomas Sowell

No livro “Os Intelectuais e a Sociedade”, o economista americano Thomas Sowell reflete sobre a maneira como os formadores de opinião se relacionam com o mundo. Para isso, o autor analisa as interferências e respectivas consequências das atividades intelectuais na história recente. De acordo com o economista, por meio do poder que possuem de alterar o clima da opinião pública com suas falas, os intelectuais, como classe, são capazes de influenciar e sujeitar até os governantes e suas decisões. Assim, conseguem interferir nos mais diversos campos como o direito, a saúde, a economia e até em questões nevrálgicas como a guerra.

No entanto, alerta Sowell, as intervenções destes “opinadores” foram desastrosas e trouxeram muito mais prejuízos do que conquistas para a sociedade na maior parte das vezes. Para piorar o cenário, o pensador aponta certa tendência do grupo de persistir com ideias que já se provaram equivocadas, apenas reciclando-as. Com suas reflexões e análises, “Os Intelectuais e a Sociedade” pretende oferecer um olhar critico sobre a maneira como os intelectuais intervêm no mundo como conhecemos, nem sempre da forma mais produtiva e proveitosa.

No livro “Os Intelectuais e a Sociedade”, o economista americano Thomas Sowell reflete sobre a maneira como os formadores de opinião se relacionam com o mundo. Para isso, o autor analisa as interferências e respectivas consequências das atividades intelectuais na história recente. De acordo com o economista, por meio do poder que possuem de alterar o clima da opinião pública com suas falas, os intelectuais, como classe, são capazes de influenciar e sujeitar até os governantes e suas decisões. Assim, conseguem interferir nos mais diversos campos como o direito, a saúde, a economia e até em questões nevrálgicas como a guerra.

No entanto, alerta Sowell, as intervenções destes “opinadores” foram desastrosas e trouxeram muito mais prejuízos do que conquistas para a sociedade na maior parte das vezes. Para piorar o cenário, o pensador aponta certa tendência do grupo de persistir com ideias que já se provaram equivocadas, apenas reciclando-as. Com suas reflexões e análises, “Os Intelectuais e a Sociedade” pretende oferecer um olhar critico sobre a maneira como os intelectuais intervêm no mundo como conhecemos, nem sempre da forma mais produtiva e proveitosa.

1 comentário em “Os intelectuais e a sociedade – Thomas SowellAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *