Octopussy e Outras Histórias – Ian Fleming

Octopussy e Outras Histórias – Ian Fleming

Octopussy and The Living Daylights (lançado originalmente no Brasil como Encontro em Berlim) é o décimo quarto livro de Ian Fleming com James Bond, lançado em 1966, após sua morte. E o segundo de dois volumes de contos com o o agente secreto britânico (o primeiro, Apenas para Seus Olhos (For Your Eyes Only, 1960).

Dos quatro contos deste livro (Octopussy, The Living Daylights, The Property of a Lady e 007 in New York), apenas os dois primeiros viraram filmes (007 Contra Octopussy e Living Daylights, 007 Marcado para a Morte).

OCTOPUSSY (James Bond Acusa!): Bond é encarregado de capturar um herói da Segunda Guerra Mundial, o Major Dexter Smythe, acusado de roubar ouro nazista. A maior parte é contada em flashback pelo vilão. Conto publicado em duas edições da Revista Playboy em 1966.

THE LIVING DAYLIGHTS (Encontro em Berlim): Bond é destacado para ajudar um desertor da Alemanha comunista, codinome “272″, a fugir de Berlim Oriental. Ele será o sniper encarregado de evitar que 272 seja morto por outro atirador, chamado Trigger, este da KGB. A missão se complica quando Bond descobre que Trigger é uma bela mulher que ele conhecia (no filme 007 Marcado Para a Morte, 272 era o General Koskov, e Trigger, a violoncelista Kara Milovy). Publicado no The London Sunday Times em 1962.

THE PROPERTY OF A LADY (A Propriedade de uma Senhora): James Bond investiga uma funcionária do Serviço Secreto, Maria Freudenstein, que é agente dupla paga pelos Russos para leiloar na Sotheby’s um relógio de Fabergé. Publicado no The Ivory Hammer (revista anual da Sotheby’s) em 1963.

007 IN NEW YORK (“007 em Nova York”): em rápida missão na Big Apple, James Bond dá suas impressões (na maioria, críticas) sobre Nova York e se lembra de sua receita de ovos mexidos. Publicada no New York Herald Tribune em 1963

Octopussy e Outras Histórias – Ian FlemingOctopussy and The Living Daylights (lançado originalmente no Brasil como Encontro em Berlim) é o décimo quarto livro de Ian Fleming com James Bond, lançado em 1966, após sua morte. E o segundo de dois volumes de contos com o o agente secreto britânico (o primeiro, Apenas para Seus Olhos (For Your Eyes Only, 1960).

Dos quatro contos deste livro (Octopussy, The Living Daylights, The Property of a Lady e 007 in New York), apenas os dois primeiros viraram filmes (007 Contra Octopussy e Living Daylights, 007 Marcado para a Morte).

OCTOPUSSY (James Bond Acusa!): Bond é encarregado de capturar um herói da Segunda Guerra Mundial, o Major Dexter Smythe, acusado de roubar ouro nazista. A maior parte é contada em flashback pelo vilão. Conto publicado em duas edições da Revista Playboy em 1966.

THE LIVING DAYLIGHTS (Encontro em Berlim): Bond é destacado para ajudar um desertor da Alemanha comunista, codinome “272″, a fugir de Berlim Oriental. Ele será o sniper encarregado de evitar que 272 seja morto por outro atirador, chamado Trigger, este da KGB. A missão se complica quando Bond descobre que Trigger é uma bela mulher que ele conhecia (no filme 007 Marcado Para a Morte, 272 era o General Koskov, e Trigger, a violoncelista Kara Milovy). Publicado no The London Sunday Times em 1962.

THE PROPERTY OF A LADY (A Propriedade de uma Senhora): James Bond investiga uma funcionária do Serviço Secreto, Maria Freudenstein, que é agente dupla paga pelos Russos para leiloar na Sotheby’s um relógio de Fabergé. Publicado no The Ivory Hammer (revista anual da Sotheby’s) em 1963.

007 IN NEW YORK (“007 em Nova York”): em rápida missão na Big Apple, James Bond dá suas impressões (na maioria, críticas) sobre Nova York e se lembra de sua receita de ovos mexidos. Publicada no New York Herald Tribune em 1963.