Octaedro – Julio Cortázar

Octaedro – Julio Cortázar

Octaedro revela o escritor argentino Julio Cortázar, mestre do conto curto e da prosa poética, no auge de sua criatividade. Os oito contos que compõem esta coletânea são como as oito faces de um poliedro, ligadas por uma unidade de linguagem, mas com um relato único em cada história. Ao trabalhar com um mínimo de elementos formais, Cortázar parte de um núcleo central para levar-nos a situações incomuns, dentro de microcosmos humanos, universos isolados e rodeados por forças ameaçadoras e misteriosas. Em cada conto, o real passa a ser interpretado como inseparável do imaginário, fazendo supor a existência de outra ordem que desconhecemos. “Liliana chorando”, “Os passos no rastro”, “Manuscrito achado num bolso”, “Verão”, “Aí, mas onde, como”, “Lugar chamado Kindberg”, “As fases de Severo” e “Pescoço de gatinho preto” – todas as narrativas são surpreendentes.

Octaedro – Julio CortázarOctaedro revela o escritor argentino Julio Cortázar, mestre do conto curto e da prosa poética, no auge de sua criatividade. Os oito contos que compõem esta coletânea são como as oito faces de um poliedro, ligadas por uma unidade de linguagem, mas com um relato único em cada história. Ao trabalhar com um mínimo de elementos formais, Cortázar parte de um núcleo central para levar-nos a situações incomuns, dentro de microcosmos humanos, universos isolados e rodeados por forças ameaçadoras e misteriosas. Em cada conto, o real passa a ser interpretado como inseparável do imaginário, fazendo supor a existência de outra ordem que desconhecemos. “Liliana chorando”, “Os passos no rastro”, “Manuscrito achado num bolso”, “Verão”, “Aí, mas onde, como”, “Lugar chamado Kindberg”, “As fases de Severo” e “Pescoço de gatinho preto” – todas as narrativas são surpreendentes.

1 comentário em “Octaedro – Julio CortázarAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *