O Último Leitor – David Toscana

O Último Leitor – David Toscana

Icamole, noutros tempos uma próspera cidade, não passa agora de um lugar seco e coberto de pó no Norte do México. Não chove há mais de um ano, todos os poços secaram, excepto o de Remigio. O seu pai, Lucio, é o único habitante do lugar com preocupações literárias. Mantém carinhosamente uma biblioteca que conhece em profundidade, não hesitando em condenar os obras de menor qualidade ao Inferno – um quarto sombrio onde as baratas se entregarão aos prazeres da destruição.
Um dia, uma menina aparece morta no poço e Remigio, temendo ser acusado de um crime que não cometeu, procura no pai o apoio para esconder o cadáver. Por isso, quando chega a polícia, Lucio, leitor experiente de todos os livros da sua biblioteca, sabe de antemão qual a lógica por que se rege a investigação, proporcionando ao leitor uma apaixonante revisitação dos clássicos e uma brilhante reflexão sobre as fronteiras da ficção e da realidade.

Icamole, noutros tempos uma próspera cidade, não passa agora de um lugar seco e coberto de pó no Norte do México. Não chove há mais de um ano, todos os poços secaram, excepto o de Remigio. O seu pai, Lucio, é o único habitante do lugar com preocupações literárias. Mantém carinhosamente uma biblioteca que conhece em profundidade, não hesitando em condenar os obras de menor qualidade ao Inferno – um quarto sombrio onde as baratas se entregarão aos prazeres da destruição.
Um dia, uma menina aparece morta no poço e Remigio, temendo ser acusado de um crime que não cometeu, procura no pai o apoio para esconder o cadáver. Por isso, quando chega a polícia, Lucio, leitor experiente de todos os livros da sua biblioteca, sabe de antemão qual a lógica por que se rege a investigação, proporcionando ao leitor uma apaixonante revisitação dos clássicos e uma brilhante reflexão sobre as fronteiras da ficção e da realidade.

1 comentário em “O Último Leitor – David ToscanaAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *