O Sonho Mais Doce – Doris Lessing

O Sonho Mais Doce – Doris Lessing

Na primeira parte do livro, o foco é a ampla mesa da cozinha de um casarão londrino onde se reúnem jovens de diversas extrações que são alimentados de comida por Frances Lennox – a mãe substituta, liberal e compreensiva de todos eles – e alimentados de retórica pelo camarada Johnny, ex-marido de Frances e stalinista convicto. Estamos na década de 60 e os jovens sonham mudar o mundo: participam de passeatas, protestos e comícios, abandonam os estudos, voltam a estudar, lutam em Paris, colhem uvas. Na segunda parte, esses jovens já entraram no espírito dos anos 80. A ação se transfere para uma missão católica na Zimlia, numa África assolada pela Aids em meio a corrupção, seca e supertições. Com a verve e a indignação que a caracterizam, Lessing traça um panorama do século XX acompanhando três gerações e transita, com conhecimento de causa, entre a Londres que tem tudo e a África que carece de tudo.

O Sonho Mais Doce – Doris LessingNa primeira parte do livro, o foco é a ampla mesa da cozinha de um casarão londrino onde se reúnem jovens de diversas extrações que são alimentados de comida por Frances Lennox – a mãe substituta, liberal e compreensiva de todos eles – e alimentados de retórica pelo camarada Johnny, ex-marido de Frances e stalinista convicto. Estamos na década de 60 e os jovens sonham mudar o mundo: participam de passeatas, protestos e comícios, abandonam os estudos, voltam a estudar, lutam em Paris, colhem uvas. Na segunda parte, esses jovens já entraram no espírito dos anos 80. A ação se transfere para uma missão católica na Zimlia, numa África assolada pela Aids em meio a corrupção, seca e supertições. Com a verve e a indignação que a caracterizam, Lessing traça um panorama do século XX acompanhando três gerações e transita, com conhecimento de causa, entre a Londres que tem tudo e a África que carece de tudo.