O Silêncio da chuva – Luiz Alfredo Garcia-Roza

O Silêncio da chuva – Luiz Alfredo Garcia-Roza

No centro do Rio de Janeiro um executivo é encontrado morto com um tiro, sentado ao volante de seu carro. Além do tiro, único e definitivo, não há outros sinais de violência. É um morto de indiscutível compostura. Mas isso não ajuda: ninguém viu nada, ninguém ouviu nada.O policial encarregado do caso, inspetor Espinosa, costuma refletir sobre a vida (e a morte) olhando o mar sentado em um banco da praça Mauá. No momento tem muito sobre o que refletir. De um lado, um morto surgido num edifício-garagem; de outro, a incessante multiplicação de protagonistas do drama. Tudo se complica quando ocorre outro assassinato e pessoas começam a sumir.

Esse é o primeiro título da série protagonizada pelo Delegado Espinosa.

 O Silêncio da chuva - Luiz Alfredo Garcia-Roza Luiz Alfredo Garcia-Roza Delegado Espinosa
 O Silêncio da chuva - Luiz Alfredo Garcia-Roza Luiz Alfredo Garcia-Roza Delegado Espinosa   No centro do Rio de Janeiro um executivo é encontrado morto com um tiro, sentado ao volante de seu carro. Além do tiro, único e definitivo, não há outros sinais de violência. É um morto de indiscutível compostura. Mas isso não ajuda: ninguém viu nada, ninguém ouviu nada.O policial encarregado do caso, inspetor Espinosa, costuma refletir sobre a vida (e a morte) olhando o mar sentado em um banco da praça Mauá. No momento tem muito sobre o que refletir. De um lado, um morto surgido num edifício-garagem; de outro, a incessante multiplicação de protagonistas do drama. Tudo se complica quando ocorre outro assassinato e pessoas começam a sumir.
 
Esse é o primeiro título da série protagonizada pelo Delegado Espinosa.
 
 O Silêncio da chuva - Luiz Alfredo Garcia-Roza Luiz Alfredo Garcia-Roza Delegado Espinosa