O Retorno de Hastur – August Derleth

O Retorno de Hastur – August Derleth

AUGUST DERLETH foi um escritor de muitos gêneros, porém é mais lembrado por suas contribuições ao Mythos de Cthulhu. Além de inserir alguns conceitos de sua criação (o “elementalismo” e o “dualismo dos Deuses Anciões” vistos pela primeira vez no conto acima, Derleth foi responsável por popularizar o Mythos e a obra de HP Lovecraft, com a criação da editora Arkham House e a continuação do estímulo a novos escritores de horror cósmico.

“NA VERDADE, COMEÇOU há muito tempo: há quanto tempo, não ousaria dizer, mas no que diz respeito à minha conexão com o caso que arruinou minha carreira e trouxe dúvidas aos médicos quanto à minha sanidade, começou com a morte de Amos Tuttle. Foi numa noite de fins de inverno, com o vento sul soprando a vinda da primavera. Estava eu na antiga Arkham, assombrada pelas lendas, naquele dia; ele soube da minha presença pelo dr. Ephraim Sprague, que o atendia, e fez com que o médico chamasse a Lewiston House e trouxesse-me àquela propriedade lúgubre na Estrada Aylesbury, próxima a Innsmouth Turnpike. Não seria um lugar onde eu gostaria de estar, mas o velho pagava-me o suficiente para que eu tolerasse seu jeito tristonho e sua excentricidade, e Sprague havia deixado claro que ele estava moribundo: suas horas estavam contadas.”

AUGUST DERLETH foi um escritor de muitos gêneros, porém é mais lembrado por suas contribuições ao Mythos de Cthulhu. Além de inserir alguns conceitos de sua criação (o “elementalismo” e o “dualismo dos Deuses Anciões” vistos pela primeira vez no conto acima, Derleth foi responsável por popularizar o Mythos e a obra de HP Lovecraft, com a criação da editora Arkham House e a continuação do estímulo a novos escritores de horror cósmico.

NA VERDADE, COMEÇOU há muito tempo: há quanto tempo, não ousaria dizer, mas no que diz respeito à minha conexão com o caso que arruinou minha carreira e trouxe dúvidas aos médicos quanto à minha sanidade, começou com a morte de Amos Tuttle. Foi numa noite de fins de inverno, com o vento sul soprando a vinda da primavera. Estava eu na antiga Arkham, assombrada pelas lendas, naquele dia; ele soube da minha presença pelo dr. Ephraim Sprague, que o atendia, e fez com que o médico chamasse a Lewiston House e trouxesse-me àquela propriedade lúgubre na Estrada Aylesbury, próxima a Innsmouth Turnpike. Não seria um lugar onde eu gostaria de estar, mas o velho pagava-me o suficiente para que eu tolerasse seu jeito tristonho e sua excentricidade, e Sprague havia deixado claro que ele estava moribundo: suas horas estavam contadas.

1 comentário em “O Retorno de Hastur – August DerlethAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *