O que eu amava – Siri Hustvedt

O que eu amava – Siri Hustvedt

Em 1975, o historiador da arte Leo Hertzberg visita uma galeria do SoHo, em Nova York, e sente-se atraído por um quadro de William Wechsler, pintor que até então desconhece. Fascinado pela obra, compra o quadro e vai atrás do artista. É o início de uma amizade duradoura. Leo e William vão morar no mesmo prédio, com as respectivas mulheres, e tornam-se pais na mesma época. No entanto, os anos de felicidade serão abalados – primeiro por uma tragédia, depois por um caso de dupla personalidade. Anos depois do primeiro encontro, Leo retraça o envolvimento afetivo com o amigo, e revê a história das duas famílias.

O-que-eu-amava-Siri-HustvedtEm 1975, o historiador da arte Leo Hertzberg visita uma galeria do SoHo, em Nova York, e sente-se atraído por um quadro de William Wechsler, pintor que até então desconhece. Fascinado pela obra, compra o quadro e vai atrás do artista. É o início de uma amizade duradoura. Leo e William vão morar no mesmo prédio, com as respectivas mulheres, e tornam-se pais na mesma época. No entanto, os anos de felicidade serão abalados – primeiro por uma tragédia, depois por um caso de dupla personalidade. Anos depois do primeiro encontro, Leo retraça o envolvimento afetivo com o amigo, e revê a história das duas famílias.

1 comentário em “O que eu amava – Siri HustvedtAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *