O Psicopata Americano – Bret Easton Ellis

O Psicopata Americano – Bret Easton Ellis

O psicopata americano é um dos mais radicais relatos sobre a banalidade da violência, do consumo e do vazio da geração de yuppies que viveu sua juventude nos anos 80. O protagonista é Patrick Batemann, um jovem de 26 anos que de dia fatura uma fortuna trabalhando em Wall Street e à noite se acaba em festas regadas a cocaína e uísque. Quando se sente muito entediado, sai pelas ruas de Nova York assassinando brutalmente mendigos, torturando prostitutas e todos aqueles que de alguma forma o entediam. Sem piedade, sem remoço, sem consciência, em seguida saindo para tomar um drinque ou fazer compras em lojas de grifes. Essa violência explícita fez com que o lançamento da primeira edição de O psicopata americano, em 1991, fosse coberto de polêmica: as associações feministas protestaram, a editora que inicialmente iria publicar o livro acabou recusando-o e escritores saíram em defesa do direito de expressão. O livro – tido como “inflamável” – acabou sendo levado ao cinema em 2000, com Christian Bale no papel principal, levantando uma série de reflexões sobre a obra de Bret Easton Ellis, que produziu um dos mais perturbadores e provocativos relatos de uma geração.

O Psicopata Americano - Bret Easton Ellis O psicopata americano é um dos mais radicais relatos sobre a banalidade da violência, do consumo e do vazio da geração de yuppies que viveu sua juventude nos anos 80. O protagonista é Patrick Batemann, um jovem de 26 anos que de dia fatura uma fortuna trabalhando em Wall Street e à noite se acaba em festas regadas a cocaína e uísque. Quando se sente muito entediado, sai pelas ruas de Nova York assassinando brutalmente mendigos, torturando prostitutas e todos aqueles que de alguma forma o entediam. Sem piedade, sem remoço, sem consciência, em seguida saindo para tomar um drinque ou fazer compras em lojas de grifes. Essa violência explícita fez com que o lançamento da primeira edição de O psicopata americano, em 1991, fosse coberto de polêmica: as associações feministas protestaram, a editora que inicialmente iria publicar o livro acabou recusando-o e escritores saíram em defesa do direito de expressão. O livro – tido como “inflamável” – acabou sendo levado ao cinema em 2000, com Christian Bale no papel principal, levantando uma série de reflexões sobre a obra de Bret Easton Ellis, que produziu um dos mais perturbadores e provocativos relatos de uma geração.

1 comentário em “O Psicopata Americano – Bret Easton EllisAdicione o seu →

  1. O Psicopata Americano – Bret Easton Ellis

    O psicopata americano é um dos mais radicais relatos sobre a banalidade da violência, do consumo e do vazio da geração de yuppies que viveu sua juventude nos anos 80. O protagonista é Patrick Batemann, um jovem de 26 anos que de dia fatura uma fortuna trabalhando em Wall Street e à noite se acaba em festas regadas a cocaína e uísque. Quando se sente muito entediado, sai pelas ruas de Nova York assassinando brutalmente mendigos, torturando prostitutas e todos aqueles que de alguma forma o entediam. Sem piedade, sem remoço, sem consciência, em seguida saindo para tomar um drinque ou fazer compras em lojas de grifes. Essa violência explícita fez com que o lançamento da primeira edição de O psicopata americano, em 1991, fosse coberto de polêmica: as associações feministas protestaram, a editora que inicialmente iria publicar o livro acabou recusando-o e escritores saíram em defesa do direito de expressão. O livro – tido como “inflamável” – acabou sendo levado ao cinema em 2000, com Christian Bale no papel principal, levantando uma série de reflexões sobre a obra de Bret Easton Ellis, que produziu um dos mais perturbadores e provocativos relatos de uma geração.

  2. Perturbador é a palavra exata. Um retrato certeiro de uma geração obcecada pelo lucro, pelas aparências, não muito diferente dos tempos atuais, infelizmente…

  3. De certo modo, conheço quase odos os livros e escritores, seja pela Revista Veja, por compras, visitas a bibliotecas e leituras constantes. Porem o exilado sempre me surpreende… Lançou um livro e um autor que eu desconhecia…. PARABENS. VOCE "CAVOCA" LOCAIS E "GARIMPA" RARIDADES… E NOVIDADES…. MUITO BOM, DE FATO!!!!

  4. Alguém sabe se existe um livro sobre que baseou o filme Regras da Atração? Porque essa história é sobre Sean Bateman (interpretado no cinema por James Van Der Beek) que é irmão de Patrick Bateman e o filme é muito bom…

  5. Achei o filme excelente. Uma atuação que mostrou o grande ator que o Christian Bale seria. Só pelo filme, já tenho curiosidade bastante para ler o livro.

  6. Prefiro ler o livro e só depois ir ao filme, acho que é melhor pra livrar a mente das impressões que o cinema pode causar sobre a obra original. Fico perdida sempre que visito o site; sinceramente, não sei nem por onde começar a ler. Excelente trabalho 🙂

  7. Ouvir falar de um outro livro deste autor:

    Chama-se "Menos que Zero" o livro mas nao o estou a conseguir encontrar em epub para download. Alguem sabe onde o posso arranjar?

  8. Já ouvi falar muito bem do filme, mas não consigo e nem quero assistir sem antes ler o livro. Gostei da sinopse, parece muito bom mesmo. Já baixei 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *