O Poço dos Desejos – David Baldacci

O Poço dos Desejos – David Baldacci

Quando Lou e Oz voltavam de um piquenique com os pais, o carro executa uma manobra perigosa, capota e pára, amassado, junto a um barranco. No acidente, morre Jack Cardinal, o pai, escritor, adorado pela filha Lou, enquanto Amanda, a mãe, fica paralisada, aparentemente para o resto da vida. Logo, a vida de Lou e Oz, o irmão caçula, sofre uma reviravolta. A vibrante Nova York dos anos 40 será substituída por um sítio no montanhoso interior da Virgínia, um lugar sem telefone nem luz, onde o lugarejo mais próximo não passa de uma estreita ruazinha de terra, cercada por meia dúzia de casas. O trabalho naquele sítio é duro, começando com a ordenha do leite, antes do sol nascer, e só terminando à noite.
É neste cenário, de luta diária pela sobrevivência que Lou e o irmão Oz vão aprender o valor e a grandeza das coisas mais simples, como gestos diariamente repetidos para cuidar do solo, tratar dos animais, prover o sítio de água, fazer a manutenção do celeiro, cumprir as tarefas domésticas. Para ajudá-los na adaptação, as crianças contam com dois contadores de histórias: um deles, um advogado, um homem que queria ser escritor, que usando um pouco de poesia, vai tentar livrar aquela família do pesadelo que começara havia muito tempo, numa estrada da periferia de Nova York.

O Poço dos Desejos – David BaldacciQuando Lou e Oz voltavam de um piquenique com os pais, o carro executa uma manobra perigosa, capota e pára, amassado, junto a um barranco. No acidente, morre Jack Cardinal, o pai, escritor, adorado pela filha Lou, enquanto Amanda, a mãe, fica paralisada, aparentemente para o resto da vida. Logo, a vida de Lou e Oz, o irmão caçula, sofre uma reviravolta. A vibrante Nova York dos anos 40 será substituída por um sítio no montanhoso interior da Virgínia, um lugar sem telefone nem luz, onde o lugarejo mais próximo não passa de uma estreita ruazinha de terra, cercada por meia dúzia de casas. O trabalho naquele sítio é duro, começando com a ordenha do leite, antes do sol nascer, e só terminando à noite.
É neste cenário, de luta diária pela sobrevivência que Lou e o irmão Oz vão aprender o valor e a grandeza das coisas mais simples, como gestos diariamente repetidos para cuidar do solo, tratar dos animais, prover o sítio de água, fazer a manutenção do celeiro, cumprir as tarefas domésticas. Para ajudá-los na adaptação, as crianças contam com dois contadores de histórias: um deles, um advogado, um homem que queria ser escritor, que usando um pouco de poesia, vai tentar livrar aquela família do pesadelo que começara havia muito tempo, numa estrada da periferia de Nova York.

1 comentário em “O Poço dos Desejos – David BaldacciAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *