cover

O Outro Pé – Damon Knight

Martin Naumchick, repórter do Paris-Soir, estava parado do lado de fora da espaçosa jaula que abrigava Fritz, o recém-adquirido bípede do Planeta Brecht, quando o mundo deu uma sacudidela… No momento seguinte, já não estava mais do lado de fora da jaula, olhando para dentro, mas dentro, olhando para fora. Não era mais Martin Naumchick. Era Fritz, o bípede, um alienígena estranho, vindo de um mundo distante. Ao mesmo tempo, Fritz, que vivera a maior parte da sua vida no Jardim Zoológico de Hamburgo, também sentiu a sacudidela. E encontrou-se fora da sua jaula… olhando para o agitado bípede no interior, que estava esmurrando a rede de vidro com ambos os punhos.. .

Martin Naumchick, repórter do Paris-Soir, estava parado do lado de fora da espaçosa jaula que abrigava Fritz, o recém-adquirido bípede do Planeta Brecht, quando o mundo deu uma sacudidela… No momento seguinte, já não estava mais do lado de fora da jaula, olhando para dentro, mas dentro, olhando para fora. Não era mais Martin Naumchick. Era Fritz, o bípede, um alienígena estranho, vindo de um mundo distante. Ao mesmo tempo, Fritz, que vivera a maior parte da sua vida no Jardim Zoológico de Hamburgo, também sentiu a sacudidela. E encontrou-se fora da sua jaula… olhando para o agitado bípede no interior, que estava esmurrando a rede de vidro com ambos os punhos.. .

1 comentário em “O Outro Pé – Damon KnightAdicione o seu →

  1. Curti a sinopse!

    Martin Naumchik, repórter do Paris-Soir, estava parado do lado de fora da espaçosa jaula que abrigava Fritz, o recém-adquirido bípede do Planeta Brecht, quando o mundo deu uma sacudidela.

    No momento seguinte, já não estava mais do outro lado de fora da jaula, olhando para dentro, mas dentro, olhando para fora. Não era mais Martin Naumchick. Era Fritz, o bípede alienígena.

    Ao mesmo tempo, Fritz, que vivera a maior parte da sua vida no Jardim Zoológico de Hamburgo, também sentiu a sacudidela. E encontrou-se fora de sua jaula, olhando para o agitado bípede no interior, que estava esmurrando a parede de vidro com ambos os punhos.

  2. Li um livro de terror anos atrás com uma premissa semelhante – um condenado à morte injustamente trocou "de corpo" no último instante. Mas é um mote estranho para um livro de humor.

  3. Fantastisco reler este autores de ficção cientifica que convi na minha infancia. Jack Vance, Theodore Sturgeon, Edmund Cooper entre outros. Não tive oportunidade de ler nada de Damon Knight mas isto ja vai mudar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *