O Mundo em Chamas – Siri Hustvedt

O Mundo em Chamas – Siri Hustvedt

Indicado ao Man Booker Prize Siri Hustvedt volta ao mundo da arte nesta história de uma pintora de meia-idade que, cansada de ver seu trabalho ignorado só por ser mulher, decide atribuir sua autoria a homens. Harriet Burden, ou Harry, sempre foi apenas a esposa extremamente alta e um tanto desengonçada de um rico marchand. No mundo da arte, ela era um ninguém, “um ninguém não reconhecido, grande e gordo”. Seu trabalho jamais seria aceito. Depois de anos sendo ignorada ou injustamente criticada, Harry toma uma atitude extrema: decide apresentar sua obra através de três “máscaras”, homens jovens que assumiriam a autoria. As exposições são um sucesso absoluto.No entanto, quando Harry decide se revelar como a criadora por trás das criaturas, os críticos duvidam dela, especialmente quando uma de suas máscaras, o artista conhecido como Rune, nega sua participação criativa e a relega ao papel de mecenas. Apresentado como uma coletânea de textos compilados por um acadêmico depois da morte de Harriet Burden, O mundo em chamas é uma sucessão de trechos de diários, entrevistas, depoimentos e artigos jornalísticos, que dão voz a Harry, sua família, donos de galeria, críticos de arte, colunistas e outras pessoas que estiveram envolvidas de alguma forma nesta história.

Indicado ao Man Booker Prize Siri Hustvedt volta ao mundo da arte nesta história de uma pintora de meia-idade que, cansada de ver seu trabalho ignorado só por ser mulher, decide atribuir sua autoria a homens. Harriet Burden, ou Harry, sempre foi apenas a esposa extremamente alta e um tanto desengonçada de um rico marchand. No mundo da arte, ela era um ninguém, “um ninguém não reconhecido, grande e gordo”. Seu trabalho jamais seria aceito. Depois de anos sendo ignorada ou injustamente criticada, Harry toma uma atitude extrema: decide apresentar sua obra através de três “máscaras”, homens jovens que assumiriam a autoria. As exposições são um sucesso absoluto.No entanto, quando Harry decide se revelar como a criadora por trás das criaturas, os críticos duvidam dela, especialmente quando uma de suas máscaras, o artista conhecido como Rune, nega sua participação criativa e a relega ao papel de mecenas. Apresentado como uma coletânea de textos compilados por um acadêmico depois da morte de Harriet Burden, O mundo em chamas é uma sucessão de trechos de diários, entrevistas, depoimentos e artigos jornalísticos, que dão voz a Harry, sua família, donos de galeria, críticos de arte, colunistas e outras pessoas que estiveram envolvidas de alguma forma nesta história.

1 comentário em “O Mundo em Chamas – Siri HustvedtAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *