O Moedor – Ficção não Ficção – Ênio Mainardi

O Moedor – Ficção não Ficção – Ênio Mainardi

Tudo que está escrito aqui pode ser verdadeiro. Ou não. Pois a realidade é vaga. Não se pode confiar nem naquilo que se lê nem na memória que engana, disfarçada de imaginação. Em latim, vagina dentata significa “vagina com dentes”. Presente em inúmeras culturas, a expressão alude ao potencial castrador do órgão feminino sobre o masculino durante o ato sexual. Esta metáfora é revisitada em O Moedor. Em relatos ousados, repletos de ironia, perspicácia e certas doses de erotismo, o autor narra memórias de infância e juventude e histórias de amores, amizades, rompimentos e traições, contrapondo os momentos de triunfo masculino – nos quais dentes são “quebrados” – aos de inequívoca castração. São lembranças de toda uma vida. Ou de várias.

O Moedor – Ficção não Ficção – Ênio MainardiTudo que está escrito aqui pode ser verdadeiro. Ou não. Pois a realidade é vaga. Não se pode confiar nem naquilo que se lê nem na memória que engana, disfarçada de imaginação. Em latim, vagina dentata significa “vagina com dentes”. Presente em inúmeras culturas, a expressão alude ao potencial castrador do órgão feminino sobre o masculino durante o ato sexual. Esta metáfora é revisitada em O Moedor. Em relatos ousados, repletos de ironia, perspicácia e certas doses de erotismo, o autor narra memórias de infância e juventude e histórias de amores, amizades, rompimentos e traições, contrapondo os momentos de triunfo masculino – nos quais dentes são “quebrados” – aos de inequívoca castração. São lembranças de toda uma vida. Ou de várias.

[qrcode]http://sh.st/st/d3c1f303812e1a067220fe0805933d62/adf.ly/s53uE[/qrcode]