O Imperador no Exílio – Conde de Affonso Celso

Compartilhe:

O livro trata dos últimos dias do Imperador D. Pedro II, desde a partida da Família Imperial até seu falecimento em Paris, em 1891; é dirigido à Princesa D. Isabel, pela ótica do Conde de Affonso Celso, filho do Visconde de Ouro Preto, último presidente do Conselho de Ministros do Império, durante a mudança de seu estado político, de crítico a apoiador inconteste do ilustre exilado, na época de um dos episódios mais vergonhosos da história brasileira.
Não trata do golpe que derrubou a Monarquia, é mais um testemunho da nobreza de caráter e dos valores éticos que orientavam aquele que foi o maior de nossos governantes, sustentado por dezenas de citações de vários personagens históricos.
Na 2ª parte, narra os esforços para o traslado dos restos mortais de D. Pedro II e da Imperatriz D. Thereza Christina para Petrópolis e narra ainda a história documentada dos esforços para a construção da estátua que homenageia o Imperador em Petrópolis, inaugurada somente 22 anos após seu exílio e 20 anos após seu falecimento, com a presença inclusive das mais altas autoridades da República.
É acompanhado por uma biografia do autor, resumida abaixo. Por ser uma obra do final do século XIX, tem linguagem da época, por isso inclui um glossário.

Send a Comment

Your email address will not be published.

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Gostou do epubr.club? Por favor, espalhe a palavra :)