O Homem do Revólver de Ouro – Ian Fleming

O Homem do Revólver de Ouro – Ian Fleming

The Man with the Golden Gun (O Homem do Revólver de Ouro) é o 13º livro de Ian Fleming com o agente agente secreto britânico James Bond, lançado em 1965.

Mas o autor havia morrido em 1964, ano em que saíram seus dois últimos livros finalizados: You Only Live Twice e o infantil Chitty Chitty Bang Bang, além do filme Goldfinger. Fleming morreu de ataque fulminante, sem terminar o livro, ficando a cargo de Kingsley Amis finalizar a obra. Amis não levou os créditos pela coautoria. Em compensação, escreveu o primeiro livro do agente pós-Fleming, Colonel Sun (1968), sob o pseudônimo de Robert Markham.

Embora diferente no estilo e menos detalhada do que todas as outras obras de Fleming, foi um best-seller durante quatro meses na Inglaterra.

Em 1974, foi adaptado como o nono filme da série, com Roger Moore no papel de Bond.

Scaramanga, impiedoso assassino de aluguel de forças internacionais de subversão e beligerância, é o homem mais temido e visado pelo Serviço Secreto de Sua Majestade na Zona do Caribe. Compete ao Agente 007 exterminá-lo. Dado como morto há mais de um ano, depois da sua tumultuada atuação no Japão, James Bond reaparece em Londres, inesperadamente, com uma nova missão: matar M. Prisioneiro da KGB, fora submetido a uma lavagem cerebral para ser empregado como arma contra seu próprio chefe. Mas o sistema de segurança do Serviço Secreto frustra seu plano. Capturado e curado, sua única chance de se manter na função é derrotar o Homem do Revólver de Ouro.

O Homem do Revólver de Ouro – Ian FlemingThe Man with the Golden Gun (O Homem do Revólver de Ouro) é o 13º livro de Ian Fleming com o agente agente secreto britânico James Bond, lançado em 1965.

Mas o autor havia morrido em 1964, ano em que saíram seus dois últimos livros finalizados: You Only Live Twice e o infantil Chitty Chitty Bang Bang, além do filme Goldfinger. Fleming morreu de ataque fulminante, sem terminar o livro, ficando a cargo de Kingsley Amis finalizar a obra. Amis não levou os créditos pela coautoria. Em compensação, escreveu o primeiro livro do agente pós-Fleming, Colonel Sun (1968), sob o pseudônimo de Robert Markham.

Embora diferente no estilo e menos detalhada do que todas as outras obras de Fleming, foi um best-seller durante quatro meses na Inglaterra.

Em 1974, foi adaptado como o nono filme da série, com Roger Moore no papel de Bond.

Scaramanga, impiedoso assassino de aluguel de forças internacionais de subversão e beligerância, é o homem mais temido e visado pelo Serviço Secreto de Sua Majestade na Zona do Caribe. Compete ao Agente 007 exterminá-lo. Dado como morto há mais de um ano, depois da sua tumultuada atuação no Japão, James Bond reaparece em Londres, inesperadamente, com uma nova missão: matar M. Prisioneiro da KGB, fora submetido a uma lavagem cerebral para ser empregado como arma contra seu próprio chefe. Mas o sistema de segurança do Serviço Secreto frustra seu plano. Capturado e curado, sua única chance de se manter na função é derrotar o Homem do Revólver de Ouro.