cover

O homem com Asas – Arthur Japin

Quando Alberto Santos Dumont se mata num hotel no Guarujá, desgostoso com o uso de sua invenção para bombardeios durante a Revolução de 1932, seu coração não descansa. Pelo contrário, inicia uma longa viagem, após ser retirado pelo médico legista que prepara o corpo para o velório, como um gesto de rebeldia contra um governo que faz uso político da morte. Essa passagem menos comentada da biografia do pai da aviação serve de ponto de partida deste misto de romance policial e histórico, que intercala os percalços vividos por pessoas próximas do aviador para fugir das autoridades, que agora buscam pelo coração, e a trajetória do menino solitário que se tornou, em seu tempo, o brasileiro mais famoso no mundo. Do filho de um rico fazendeiro de café que passava os dias mergulhado nos romances de Julio Verne, sem saber que tudo ali era ficção, ao inventor que influenciou multidões na Paris da belle époque, cercado por personalidades como a atriz Sarah Bernhardt e o joalheiro Louis Cartier, o personagem que o holandês Arthur Japin recria neste romance é muito maior e mais complexo que o homem retratado nos livros de história.

Quando Alberto Santos Dumont se mata num hotel no Guarujá, desgostoso com o uso de sua invenção para bombardeios durante a Revolução de 1932, seu coração não descansa. Pelo contrário, inicia uma longa viagem, após ser retirado pelo médico legista que prepara o corpo para o velório, como um gesto de rebeldia contra um governo que faz uso político da morte. Essa passagem menos comentada da biografia do pai da aviação serve de ponto de partida deste misto de romance policial e histórico, que intercala os percalços vividos por pessoas próximas do aviador para fugir das autoridades, que agora buscam pelo coração, e a trajetória do menino solitário que se tornou, em seu tempo, o brasileiro mais famoso no mundo. Do filho de um rico fazendeiro de café que passava os dias mergulhado nos romances de Julio Verne, sem saber que tudo ali era ficção, ao inventor que influenciou multidões na Paris da belle époque, cercado por personalidades como a atriz Sarah Bernhardt e o joalheiro Louis Cartier, o personagem que o holandês Arthur Japin recria neste romance é muito maior e mais complexo que o homem retratado nos livros de história.

1 comentário em “O homem com Asas – Arthur JapinAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *