O Homem Casado – Edmund White

O Homem Casado – Edmund White

Austin Smith é um professor norte-americano especializado em artes que vive em Paris. Beirando os cinquenta anos, desiludido com o amor e conformado com seu destino solitário, um dia encontra Julien: francês, arquiteto, muito mais jovem e casado. Contra qualquer expectativa, o contato casual entre eles evolui para um relacionamento de intensidade incomum.
No princípio, as dificuldades que enfrentam se resumem às cômicas e superáveis diferenças culturais, de idade e de temperamento. Com o tempo, no entanto, o passado de ambos começa a cobrar seu preço, e o leitor é transportado a um desconhecido território emocional, de desespero contido, no qual os protagonistas empreendem uma luta obstinada contra uma doença implacável.
O homem casado mostra Edmund White – autor refinado, que traduz sentimentos com a palavra exatas em sua melhor forma. Os cenários mudam – Austin e Julien ora estão na Europa, ora na América, ora na África, e o leitor é sempre ambientado com uma descrição precisa e original de cada lugar, mas é no comportamento, nos impulsos, no interior dos personagens que se desenrola uma história de amor encantadora e ao mesmo tempo trágica.

Austin Smith é um professor norte-americano especializado em artes que vive em Paris. Beirando os cinquenta anos, desiludido com o amor e conformado com seu destino solitário, um dia encontra Julien: francês, arquiteto, muito mais jovem e casado. Contra qualquer expectativa, o contato casual entre eles evolui para um relacionamento de intensidade incomum.
No princípio, as dificuldades que enfrentam se resumem às cômicas e superáveis diferenças culturais, de idade e de temperamento. Com o tempo, no entanto, o passado de ambos começa a cobrar seu preço, e o leitor é transportado a um desconhecido território emocional, de desespero contido, no qual os protagonistas empreendem uma luta obstinada contra uma doença implacável.
O homem casado mostra Edmund White – autor refinado, que traduz sentimentos com a palavra exatas em sua melhor forma. Os cenários mudam – Austin e Julien ora estão na Europa, ora na América, ora na África, e o leitor é sempre ambientado com uma descrição precisa e original de cada lugar, mas é no comportamento, nos impulsos, no interior dos personagens que se desenrola uma história de amor encantadora e ao mesmo tempo trágica.

 

1 comentário em “O Homem Casado – Edmund WhiteAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *