O Gato Malhado e A Andorinha Sinhá – Jorge Amado

O Gato Malhado e A Andorinha Sinhá – Jorge Amado

Jorge Amado escreveu O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá em 1948 para o filho João Jorge, quando este completou um ano. O texto andou perdido e só em 1978 conheceu sua primeira edição, depois de recuperado pelo filho e levado a Carybé para que o ilustrasse. Lindos desenhos para uma linda história de amor, esta entre o Gato Malhado e a Andorinha Sinhá, que continua a correr mundo para a delícia de leitores de todas as idades.

Jorge Amado escreveu O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá em 1948 para o filho João Jorge, quando este completou um ano. O texto andou perdido e só em 1978 conheceu sua primeira edição, depois de recuperado pelo filho e levado a Carybé para que o ilustrasse. Lindos desenhos para uma linda história de amor, esta entre o Gato Malhado e a Andorinha Sinhá, que continua a correr mundo para a delícia de leitores de todas as idades.

1 comentário em “O Gato Malhado e A Andorinha Sinhá – Jorge AmadoAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *