O Faraó Negro – Christian Jacq

O Faraó Negro – Christian Jacq

Um duelo que marcará para sempre a história do antigo Egito. Cinco séculos depois de Ramsés e seu reinado esplendoroso, o Egito mergulha em declínio, minado pela injustiça, anarquia e corrupção. Um combate sangrento e impiedoso está prestes a ter início. Esse é o pano de fundo do novo romance de Christian Jacq: O Faraó Negro. Os templos do Norte do Egito estão desertos e os deuses foram esquecidos. Todos têm um único objetivo: a obtenção máxima de lucro. O império, longe da magnificência do passado, parece caminhar rapidamente para a ruína irreparável. E o único que pode evitar essa fatalidade é o núbio Piankhy, o Faraó Negro. Piankhy, que governa seu reino com sabedoria e bondade, tem somente um desejo: devolver aos deuses um Egito unido. Mas o preço a pagar por esse objetivo será pesado para esse homem da paz, e significará confrontar o líbio Tefnakt, um príncipe ambicioso do norte, determinado a conquistar todo o país por meio da guerra. Enquanto de um lado há o Faraó que só age de acordo com os deuses e acredita que eles ajeitarão tudo no fim dos dias, no outro está o militar líbio ávido pelo poder e completamente descrente de qualquer crença sobrenatural. Mesmo com o apoio de parte da população e de sua esposa com poderes mágicos, será o faraó capaz de reverter o jogo? Ao narrar um período marcante da história egípcia, Christian Jacq traz uma trama que mistura ficção e fatos reais. O Faraó Negro é uma aula para os leitores, que aprendem mais sobre a cultura da época e da região, além de conhecerem as divindades, os rituais, os costumes, dentre outros tópicos.

O Faraó Negro – Christian JacqUm duelo que marcará para sempre a história do antigo Egito. Cinco séculos depois de Ramsés e seu reinado esplendoroso, o Egito mergulha em declínio, minado pela injustiça, anarquia e corrupção. Um combate sangrento e impiedoso está prestes a ter início. Esse é o pano de fundo do novo romance de Christian Jacq: O Faraó Negro. Os templos do Norte do Egito estão desertos e os deuses foram esquecidos. Todos têm um único objetivo: a obtenção máxima de lucro. O império, longe da magnificência do passado, parece caminhar rapidamente para a ruína irreparável. E o único que pode evitar essa fatalidade é o núbio Piankhy, o Faraó Negro. Piankhy, que governa seu reino com sabedoria e bondade, tem somente um desejo: devolver aos deuses um Egito unido. Mas o preço a pagar por esse objetivo será pesado para esse homem da paz, e significará confrontar o líbio Tefnakt, um príncipe ambicioso do norte, determinado a conquistar todo o país por meio da guerra. Enquanto de um lado há o Faraó que só age de acordo com os deuses e acredita que eles ajeitarão tudo no fim dos dias, no outro está o militar líbio ávido pelo poder e completamente descrente de qualquer crença sobrenatural. Mesmo com o apoio de parte da população e de sua esposa com poderes mágicos, será o faraó capaz de reverter o jogo? Ao narrar um período marcante da história egípcia, Christian Jacq traz uma trama que mistura ficção e fatos reais. O Faraó Negro é uma aula para os leitores, que aprendem mais sobre a cultura da época e da região, além de conhecerem as divindades, os rituais, os costumes, dentre outros tópicos.

1 comentário em “O Faraó Negro – Christian JacqAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *