O Ciúme – Alain Robbe-Grillet

O Ciúme – Alain Robbe-Grillet

O ‘noveau roman’ – movimento renovador do romance, surgido na França em meados da década de 1950 – libertou a narrativa de duas de suas mais sérias limitações: a linearidade e o psicologismo. Desse grupo participaram, entre outros, Marguerite Duras, Claude Simon, Michel Butor e Claude Ollier. Em lugar da análise psicológica ao estilo de Proust ou Mauriac, esses autores mostram o personagem através de seus atos, numa sequência de cenas que embora reveladora de sua vida não pretende contar uma história. Essa técnica foi levada por Robbe-Grillet às últimas consequencias em ‘O ciúme’, onde o narrador descreve o que vê procurando esconder-se atrás dos detalhes, evitando qualquer comentário pessoal que possa mostrar sua emoção. E essa preocupação de objetividade acaba revelando a sua subjetividade, o seu ciúme inconfessado.

O ‘noveau roman’ – movimento renovador do romance, surgido na França em meados da década de 1950 – libertou a narrativa de duas de suas mais sérias limitações: a linearidade e o psicologismo. Desse grupo participaram, entre outros, Marguerite Duras, Claude Simon, Michel Butor e Claude Ollier. Em lugar da análise psicológica ao estilo de Proust ou Mauriac, esses autores mostram o personagem através de seus atos, numa sequência de cenas que embora reveladora de sua vida não pretende contar uma história. Essa técnica foi levada por Robbe-Grillet às últimas consequencias em ‘O ciúme’, onde o narrador descreve o que vê procurando esconder-se atrás dos detalhes, evitando qualquer comentário pessoal que possa mostrar sua emoção. E essa preocupação de objetividade acaba revelando a sua subjetividade, o seu ciúme inconfessado.

Quer baixar rapidamente e sem propaganda? Faça sua assinatura clicando aqui

1 comentário em “O Ciúme – Alain Robbe-GrilletAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *