O Brilho da Lua – Saga Otori #03 – Lian Hearn

O Brilho da Lua – Saga Otori #03 – Lian Hearn

Bela e fascinante evocação de um tempo e um lugar além do nosso alcance. A terceira e última parte de A saga Otori nos transporta mais uma vez ao Japão medieval tal como Hearn o imaginou, uma terra de códigos e rituais, de beleza rude e aparências enganosas. Otori Takeo e Shirakawa Kaede estão casados e mais decididos do que nunca a fortalecer seus domínios.

No entanto, seu casamento apressado enfureceu Arai Daiichi, o comandante que controla a maior parte dos Três Países, e insultou o nobre Senhor Fujiwara, que se considerava noivo de Kaede. O brilho da lua, terceiro volume de A saga Otori, acompanha o empenho de Kaede e Takeo em consolidar seu poder e cumprir a profecia da mulher sagrada:

Suas terras se estenderão de um mar a outro. A paz, no entanto, virá ao preço de sangue derramado.

Cinco batalhas lhe custará a paz, quatro para vencer e uma para perder… O brilho da lua, continuação fascinante de A relva por travesseiro e O piso-rouxinol, nos faz conhecer mais profundamente as complexas relações de lealdade que vinculam os personagens do romance desde o nascimento.

“Eu não contara a ninguém sobre as palavras da profetisa, mas agora tinha vontade de contá-las a Kaede. Sussurrei-lhe algumas delas: disse-lhe que em mim misturavam-se três sangues; que eu nascera entre os Ocultos mas minha vida já não me pertencia; que eu estava destinado a governar em paz de um mar a outro, quando a Terra realizasse o que o Céu desejava.

Dissera essas palavras para mim mesmo repetidamente, e, como já disse, às vezes acreditava nelas e às vezes não. Disse a Kaede que cinco batalhas nos trariam paz, quatro para vencer e uma para perder, mas não lhe falei das previsões da mulher sobre meu filho, ou seja, que eu morreria pelas mãos dele.”

O Brilho da Lua - Lian HearnBela e fascinante evocação de um tempo e um lugar além do nosso alcance. A terceira e última parte de A saga Otori nos transporta mais uma vez ao Japão medieval tal como Hearn o imaginou, uma terra de códigos e rituais, de beleza rude e aparências enganosas. Otori Takeo e Shirakawa Kaede estão casados e mais decididos do que nunca a fortalecer seus domínios.

No entanto, seu casamento apressado enfureceu Arai Daiichi, o comandante que controla a maior parte dos Três Países, e insultou o nobre Senhor Fujiwara, que se considerava noivo de Kaede. O brilho da lua, terceiro volume de A saga Otori, acompanha o empenho de Kaede e Takeo em consolidar seu poder e cumprir a profecia da mulher sagrada:

Suas terras se estenderão de um mar a outro. A paz, no entanto, virá ao preço de sangue derramado.

Cinco batalhas lhe custará a paz, quatro para vencer e uma para perder… O brilho da lua, continuação fascinante de A relva por travesseiro e O piso-rouxinol, nos faz conhecer mais profundamente as complexas relações de lealdade que vinculam os personagens do romance desde o nascimento.

“Eu não contara a ninguém sobre as palavras da profetisa, mas agora tinha vontade de contá-las a Kaede. Sussurrei-lhe algumas delas: disse-lhe que em mim misturavam-se três sangues; que eu nascera entre os Ocultos mas minha vida já não me pertencia; que eu estava destinado a governar em paz de um mar a outro, quando a Terra realizasse o que o Céu desejava.

Dissera essas palavras para mim mesmo repetidamente, e, como já disse, às vezes acreditava nelas e às vezes não. Disse a Kaede que cinco batalhas nos trariam paz, quatro para vencer e uma para perder, mas não lhe falei das previsões da mulher sobre meu filho, ou seja, que eu morreria pelas mãos dele.”

Crédito no ebook

1 comentário em “O Brilho da Lua – Saga Otori #03 – Lian HearnAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *