O Anjo Esmeralda – Don DeLillo

O Anjo Esmeralda – Don DeLillo

Situadas na Grécia, no Caribe, em Manhattan, numa prisão para bandidos do colarinho branco e no espaço sideral, estas nove histórias funcionam como uma fascinante introdução à prosa icônica de Don DeLillo, bem como um rico e variado panorama de sua obra.
Em “Criação”, um casal em um cruzeiro marítimo se vê preso numa ilha das Índias Ocidentais em meio a cancelamento de vôos, reservas não confirmadas e uma economia prestes a entrar em colapso. Em “Momentos humanos na Terceira Guerra Mundial”, dois homens em uma nave na órbita da Terra ouvem as vozes do rádio emitidas cinquenta anos antes. Na história que dá título ao volume, as irmãs Edgar e Grace, freiras que trabalham nas ruas violentas do Bronx, confirmam o milagre do bairro, a aparição de uma criança morta.
Freiras, astronautas, atletas, terroristas e viajantes, os personagens de “O anjo Esmeralda” escapam às definições fáceis e teimam, às vezes frase a frase, em surpreender o leitor. Estas nove histórias mostram a medida exata em que DeLillo, com seu ouvido para o diálogo, seu anti-sentimentalismo e seu humor sardônico, transformou profundamente a paisagem literária americana.

Situadas na Grécia, no Caribe, em Manhattan, numa prisão para bandidos do colarinho branco e no espaço sideral, estas nove histórias funcionam como uma fascinante introdução à prosa icônica de Don DeLillo, bem como um rico e variado panorama de sua obra.
Em “Criação”, um casal em um cruzeiro marítimo se vê preso numa ilha das Índias Ocidentais em meio a cancelamento de vôos, reservas não confirmadas e uma economia prestes a entrar em colapso. Em “Momentos humanos na Terceira Guerra Mundial”, dois homens em uma nave na órbita da Terra ouvem as vozes do rádio emitidas cinquenta anos antes. Na história que dá título ao volume, as irmãs Edgar e Grace, freiras que trabalham nas ruas violentas do Bronx, confirmam o milagre do bairro, a aparição de uma criança morta.
Freiras, astronautas, atletas, terroristas e viajantes, os personagens de “O anjo Esmeralda” escapam às definições fáceis e teimam, às vezes frase a frase, em surpreender o leitor. Estas nove histórias mostram a medida exata em que DeLillo, com seu ouvido para o diálogo, seu anti-sentimentalismo e seu humor sardônico, transformou profundamente a paisagem literária americana.

1 comentário em “O Anjo Esmeralda – Don DeLilloAdicione o seu →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *