Nós Somos Anonymous: Por Dentro do Mundo Dos Hackers – Parmy Olson

Compartilhe:

Eles acreditavam que toda informação deveria ser livre, e eram capazes de invadir seu site se você discordasse disso. Combatiam o sistema e toda forma de governo imposta. Alegavam que não se tratava apenas de um grupo organizado, mas sim de pessoas dispostas a “tudo ou nada”. A descrição mais próxima seria uma “marca”, um “símbolo”, um “coletivo”. Suas poucas regras eram como aquelas do “Clube da Luta”: não fale sobre o Anonymous, não revele sua verdadeira identidade e não ataque a mídia.
Naturalmente, o anonimato dava a eles a liberdade de cometer certos delitos, como invadir servidores privados, roubar dados secretos de uma empresa, derrubar um site e depois devolvê-lo, completamente desfigurado. Algumas destas ações poderiam, inclusive, ser consideradas crimes, condenando-os à prisão por dez anos ou mais.

(Visited 5 times, 1 visits today)
Compartilhe:

Send a Comment

Your email address will not be published.

Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Gostou do epubr.club? Por favor, espalhe a palavra :)